Conecte-se conosco

Câmara Municipal de Nova Serrana

Vereador Jadir Chanel afirma que está sendo ameaçado e teme por sua segurança e de sua família.

Avatar

Publicados

em

Durante a 29ª Reunião Ordinária da Câmara de Nova Serrana, o vereador Jadir Chanel (MDB) usou seu tempo regimental para se pronunciar sobre ameaças que ele e sua família tem recebido.

Segundo pontuado pelo vereador ele teme por sua segurança e de sua família, uma vez que um discurso de ódio contra sua pessoa tem sido pregado. “Para que fique registrado nesta casa, e para a população de Nova Serrana, bem como para o Ministério Público (MP) recentemente recebi informações por telefonemas de que há um movimento de ódio para com minha pessoa devido ao trabalho que venho executando como vereador e que posso estar correndo risco”, disse Jadir.

Seguindo em seu discurso o vereador afirmou que “um certo grupo de Whatsapp tem publicado comentários carregados de ódio contra o meu trabalho e contra minha pessoa. É fato que tenho trabalhado com zelo pelo patrimônio público, o dinheiro do povo não é para ser jogado pela latrina para ir embora pelo ralo, seria um crime de minha parte ser omisso aos gastos exorbitantes que essa situação vem causado a população que está sendo privada de um dinheiro que poderia ser usado em seu favor mas é jogado fora literalmente”. Apontou.

Ainda em seu pronunciamento Jadir ressaltou que “agora sim estou preocupado com minha segurança e de minha família, por isso deixo aqui o registro quanto a minha preocupação com minha segurança, mas não posso deixar de cumprir o compromisso com a verdade, não posso desrespeitar o povo de Nova Serrana”, afirmou o vereador.

Finalizando seu discurso Jadir ainda afirmou que “caso algum mal aconteça, vale observar os fatos pertinentes a essa crise política que enfrentamos no momento, o problema não é meu é nosso, quem está gritando por justiça e pelo que é certo não sou eu é Nova Serrana, essa voz nas ruas não somente do vereador Jadir é do povo, todo poder emana do povo, é par o povo e pelo povo”. Finalizou.

Vereador fala com exclusividade para nossa reportagem

Após as colocações, nossa reportagem entrou em contato com o edil, questionando se o mesmo já teria realizado a queixa formal sobre as supostas ameaças.

Por sua vez o vereador afirmou que recebeu telefones de pessoas que não tem objetivo de se expor. “Eu recebi telefonemas de pessoas que não querem se expor que falaram que no caso um de quem foi apreendido uma arma já comprou outra arma, que o outro também já comprou arma e que eles estão dispostos a vingar mesmo, o que me falaram foi isso”.

Questionado sobre a procedência das informações Jadir afirmou que “de quem veio eu acredito que possam até ter aumentado algum fato, mas inventado não, contudo não tenho como provar, por isso não fui a polícia e ao MP para prestar a queixa, pois ai eu teria que provar, eu só ouvi, então fiz a colocação apenas para me precaver”. Finalizou Jadir Chanel.

Mais lidas