Conecte-se conosco

Justiça

Criminalidade choca Papagaios e criança é morta por bala perdida

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

A cidade de Papagaios, a cerca de 80 quilômetros de Nova Serrana, viveu momentos de terror na última quinta-feira, dia 31 de janeiro. A tentativa de uma chacina em plena luz do dia culminou com a morte de uma criança de 10 anos de idade devido a uma bala perdida.

Segundo apurado cinco bandidos armados chegaram até um bar no centro da cidade e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra um grupo de pessoas que estava no local.

De acordo com testemunhas após os disparos os criminosos fugiram em um automóvel VW Golf sem deixar rastros e, até o fechamento desta matéria não foram presos.

Ainda de acordo com as informações da Polícia Militar, três homens ficaram feridos e foram hospitalizados, infelizmente uma criança de dez anos foi alvejada e morreu.

A vítima fatal foi identificada como  Tiago Soares Duarte, um garoto de 10 anos foi alvejado no peito por uma bala perdida e não resistiu aos ferimentos.

Entre os baleados estão um homem de 56 anos, sem passagens policiais, que estava num imóvel vizinho ao atentado e foi alvejado na mão também por uma bala perdida, foi atendida e passa bem.

As outras duas vitimas são um homem de 23 anos, com passagem por tráfico de drogas, que foi baleado por um tiro na orelha, mas não sofre riscos, a quarta vitima é um homem de 29  anos que foi baleado no peito e está sob atendimento médico num hospital em Sete Lagoas. Esta última vitima, segundo a PM  possui várias passagens por roubo e tráfico de drogas.

Segundo relatado por testemunhas a criança que foi morta era muito querida na comunidade e conhecida por ser risonha e alegre.

A Polícia Militar continua o rastreamento aos autores do crime em pauta. Quaisquer informações que possam ajudar na  localização dos autores podem ser repassadas pelos telefones 190 ou 181, Disque Denúncia Unificado.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas