Conecte-se conosco

Câmara Municipal de Nova Serrana

Chiquinho do Planalto afirma que vai revelar os bastidores da política de Nova Serrana

Avatar

Publicados

em

Durante a reunião ordinária da última terça-feira, dia 15 de setembro, o vereador Chiquinho do Planalto (PL) usou seu tempo regimental para desabafar em plenário.

Desapontado com os rumos políticos tomados pelo grupo ao qual faz parte, Chiquinho usou palavras fortes para mostrar seu descontentamento com seus aliados e não poupou palavras para manifestar sua opinião sobre a escolha majoritária, apresentada na convenção partidária do último domingo (13).

“Minha fala vai ser mais um desabafo, a gente tem que ser leal em tudo, na amizade, na câmara, sempre fui leal. Chega um momento em que, há mais de 20 anos eu faço parte de um grupo político em Nova Serrana, Joel, Fabio Avelar, sempre fui fiel desde a primeira vez que fui eleito, agradeço muito ao partido que me fez vereador duas vezes. Mas chega a um ponto que a gente se sente traído e quando é traído fica difícil”.

LEIA MAIS SOBRE A POLÍTICA DE NOVA SERRANA, CLIQUE AQUI

Seguindo Chiquinho afirmou que seu grupo não honrou as calças, deixando de cumprir a promessa de que lançariam um candidato majoritário.

“Eu perdi o sono no fim de semana, refleti bastante. Quando eu estava no PSD, trabalhando com o prefeito Euzebio Lago, eu estava muito tranquilo, mas eu voltei para o PL, com esperança que nosso grupo iria honrar a calça que veste e iria lançar um prefeito da maneira que foi falado. Então não honrou a calça que veste”.

Diante do descontentamento o vereador afirmou que não é homem para falar pelas costas dos outros, e ainda, disse que a partir da próxima semana, começará a revelar os bastidores da política de Nova Serrana.

“Eu não sou homem de ficar falando por trás, eu tenho que falar a verdade e vou começar a citar a partir da semana que vêm, como são os bastidores da política em Nova Serrana. Vou revelar muita coisa e não tenho medo não, não tenho rabo preso com ninguém.  vou começar a revelar como se ganha uma eleição para presidente, as trairagens; eu não tenho medo de falar isso, se o partido quiser me tirar pode me tirar, o povo de Nova Serrana conhece a minha pessoa”.

Em suas palavras, Chiquinho, ainda parabenizou o prefeito Euzebio Lago, por ter conseguido unir pessoas que “preferiam ver o capeta do que ver um ao outro”, se referindo aos grupos políticos de Paulo Cesar e Joel Martins.

“Quero dar parabéns ao prefeito que conseguiu unir dois grupos que há 28 anos ficava se batendo um no outro. Queriam ver o capeta, mas não queriam ver o outro. E ainda conseguiu tirar um que não será prefeito mais. A política tem que ser clara”.

Por fim Chiquinho ainda considerou que falta transparência na política de Nova Serrana, e ainda, disparou que está na hora de alguns políticos largarem o osso.

“A gente tem que ser fiel aquilo que a gente fala, quando não dá conta de comer o osso larga o osso, tô falando isso por mim, cada um tem o seu pensamento o meu é esse e ninguém tira isso de mim. Eu não tenho medo de rabo preso de represália, vou começar a montar a partir de semana que vem como acontecem as coisas aqui os bastidores da política”.

Foto: O Popular

Mais lidas