Conecte-se conosco

Justiça

Tiktok é processado por morte de menina de 10 anos nos Estados Unidos

Publicados

em

A família de uma menina de 10 anos que morreu em um desafio do TikTok está processando a rede social na Pensilvânia, nos Estados Unidos. As informações são do Correio Brasiliense.


De acordo com o processo, obtido pela People, a acusação é de que a criança foi exposta ao desafio na “Página para você”, recurso que mostra conteúdos selecionados pelo algorítimo.

Nyla Anderson foi encontrada desacordada em 7 de dezembro após, supostamente, ter tentado o “Desafio do Apagão”, que desafia as pessoas a prenderem a respiração até desmaiar.

A criança foi levada ao hospital, mas morreu cinco dias depois. “O algoritmo do TikTok determinou que o mortal Blackout Challenge era bem adaptado e provavelmente interessaria a Nylah Anderson, de 10 anos, e ela morreu como resultado”, diz o processo.

Logo após a morte da menina, em entrevista a ABC, a mãe de Nylah pediu para que os pais se atentem aos conteúdos que os filhos consomem na internet. “Certifique-se de verificar os telefones de seus filhos. Você nunca sabe o que pode encontrar nos telefones deles. Você não pensaria que crianças de 10 anos tentariam isso. Eles estão tentando porque são crianças e não sabem melhor”, disse.

À People, o TikTok disse que está “vigilantes” em relação aos conteúdos publicados na rede social e que remove imediatamente qualquer postagem que comprometa a segurança do usuário. “Esse ‘desafio’ perturbador, que as pessoas parecem aprender de outras fontes além do TikTok, é muito anterior à nossa plataforma e nunca foi uma tendência do TikTok. Continuamos vigilantes em nosso compromisso com a segurança do usuário e removeríamos imediatamente o conteúdo relacionado se encontrado”, diz a nota.

Foto: GoFundMe/ reprodução

Mais lidas