Conecte-se conosco

Brasil

STF julga nesta quarta liminar que determinou abertura de CPI da Covid

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga em plenário, nesta quarta-feira, 14 de abril, a decisão do ministro Luís Roberto Barroso que determinou a instalação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid-19. As informações são do jornal O Globo.


A liminar foi concedida por Barroso após o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) apresentar um mandado de segurança na Suprema Corte para o Senado investigasse ações e possíveis omissões do governo federal na condução da pandemia.

O pedido de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) foi entregue em fevereiro, mas o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), eleito com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) apresentava resistência para instalá-la.

Na liminar de Barroso que ordenou a instalação da CPI no Senado, o ministro destacou que não se pode negar o direito à instalação da comissão em caso de cumpridas as exigências sob pena de se ferir o direito da minoria parlamentar, e justificou a decisão em razão do agravamento da pandemia no Brasil.

Ainda de acordo com o Globo, a expectativa é de que a o julgamento no plenário referende com maioria a decisão de Barroso.

Fonte: istoé

Foto: Divulgação STF

Mais lidas