Conecte-se conosco

Câmara Municipal de Nova Serrana

Editor do Jornal O Popular será agraciado com “Medalha Dimas Guimarães”

Publicados

em

Na próxima quinta-feira (18/11), o jornal O Popular estará presente na Câmara de Nova Serrana, não somente para cobrir as reuniões e ações do legislativo municipal, mas também para aplaudir o senhor Israel Evaristo da Silveira, editor deste Popular, que após ser indicado pelo vereador Professor Willian Barcelos (PTB), receberá na sessão solene a Medalha “Dimas Guimarães”.


A Medalha “Dimas Guimarães” foi instituída por meio do Projeto de Resolução 001/2018 é atualmente uma das maiores honrarias concedidas aos homens residentes ou com ações elencadas a história de Nova Serrana.

Segundo informado pelo vereador Willian Barcelos “a finalidade da Medalha Dimas Guimarães é homenagear homens que tenham se destacado nas áreas cultural, política, desportiva, empresarial e de prestação de serviços ou ação social no município de Nova Serrana, desta feita, Israel Silveira, é sem dúvidas um homem que merece receber a moção, já que sua atuação frente ao jornal O Popular, um dos principais veículos de comunicação do Centro-Oeste Mineiro, tem cumprido um papel de informar com credibilidade e seriedade a população, com atuação e editoria marcada pelo trabalho na cobertura política, policial e dos principais fatos sociais que envolvem nossa cidade”. Disse Barcelos.

Conforme destacado por Barcelos,  Israel Evaristo da Silveira, além de editor chefe é fundador do jornal “O Popular” – veículo de comunicação que carrega em seu DNA as coberturas policiais e políticas da capital do calçado.

Em sua trajetória como comunicador Israel Silveira fez escola na cidade, pois vários profissionais como Evaldo Silva, Geysa Santos, Adriano Rabelo, Salvador Lopes, Felipe Alveole, Rosa Santos, e até mesmo o vereador Adilson Pacheco, passaram pela redação do Popular.

Por fim cabe ressaltar que a sessão solene para a entrega da medalha será na quinta-feira, dia 18/11, a partir das 19 horas, no plenário da Câmara Municipal. O evento terá transmissão pelas redes sociais.

Confira a biografia do homenageado:

Quem não lê, mal pensa, mal fala, mal vê!!

Essa é uma das frases que faz parte da filosofia de vida de um homem que traçou seu caminho, construiu sua família e fez sua história, marcando a cidade de Nova Serrana ao carregar a missão de melhor informar a população.

Israel Evaristo da Silveira, filho de João Evaristo da Silveira e Angélica Alves da Silveira, nasceu na cidade de Luz, em 16 de fevereiro de 1963, em um lar simples, mas cheio de vida.

Sua carreira profissional começou no balcão da farmácia do seu pai (Zizinho farmacêutico), onde começou a ter contato com os populares e percebeu que a informação é o melhor remédio para uma das principais doenças da humanidade, a ignorância.

Em 1984, se casou com Aparecida Delaide Mesquita Silveira. Um ano depois, em 1985, chegou em Nova Serrana, foi acolhido na capital do calçado e aqui construiu seus alicerces e escreveu alguns dos melhores anos de sua história.

Com sua esposa e duas filhas, que lhe deram três netos que fazem com que o seu coração seja renovado de amor diariamente.

Há 15 anos fundou em Nova Serrana um veículo de comunicação que mudou a cara da comunicação na cidade. O Popular, veículo que carrega em seu DNA as coberturas policiais e políticas da capital do calçado.

Com toda a seriedade e responsabilidade, a notícia, a informação passou a ser tratada em um linguagem popular e acessível a todos, se firmando assim como o principal meio de divulgação dos fatos políticos do município.

Como comunicador fez escola, e o que seria da comunicação de Nova Serrana sem o Popular, já que profissionais como Lilian Camargos, Jhonatan Vagner, Valter Junior, Evaldo Silva, Wilker Duarte e tantos outros passaram pela redação do Popular.

Hoje, Israel Silveira, com seus 58 anos de idade, segue com seu funcionário, amigo e fiel escudeiro, Thiago Monteiro, cumprindo de forma responsável o seu papel de comunicador, levando para toda população de Nova Serrana, “A notícia como deve ser”.

Mais lidas