Conecte-se conosco

Cidade

Covid-19: Hospitais de Divinópolis alugam containers refrigerados para armazenar corpos

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Em Divinópolis os hospitais Santa Mônica e São João de Deus alugaram containers para armazenamento das vítima de Covid-19. A medida se deu pelo aumento significativo do número de óbitos registrados no município.


Por parte do Hospital São João de Deus, a informação foi confirmada ao jornal Divinews pela diretora Presidente da Fundação Geraldo Corrêa, Elis Regina, e segundo afirmado pela executiva, a estrutura foi necessária pela demanda de separação das vítimas de Covid-19 de outras causas.

“Lamentavelmente, com esse crescimento da pandemia, a quantidade de óbitos por Covid cresceu assustadoramente. E para colocar os corpos vítimas da Covid, a gente tem que ter uma estrutura separada, uma estrutura diferenciada, da estrutura normal de um local de óbitos. Isso teve que ser rápido. Não teve como a gente construir pra gente ampliar o que a gente já tem, para os corpos Covid. E a solução então, soluções que são muito usadas hoje, a parte de container é uma estrutura muito moderna”. disse Elis Regina.

A diretora ainda informou que “ele (container) já chegou na instituição para que a gente possa colocar esses corpos. São containers preparados, são refrigerados, para poder colocar os corpos. Só para vocês terem noção. Em março de 2020 nós tivemos 17 internados de Covid. Desse, nós tivemos apenas dois óbitos. Aí nesse momento nós já preparamos a estrutura e deixou tudo arrumado… Aí o que acontece. Março desse ano, infelizmente, até o dia 24 desse mês, nós tivemos 209 internações, porém o índice de mortalidade subiu, aumentou em 15%, ou seja, 31 mortos”.

Seguindo a diretora apontou que “como a estrutura que nós tínhamos não suportava, já que a estrutura era apenas dois corpos ao mesmo tempo, então nós trouxemos esse container, para dar dignidade de onde colocar os corpos. Esses corpos têm que ser preparados, e Infelizmente esses corpos tem toda uma estrutura que eles não podem ser abertos e não pode ter velório”. Informou Regina.

Santa Mônica

Quanto ao hospital Santa Mônica, nas redes sociais viralizaram as imagens da chegada do container que causou discussão e apreensão na população de todo Centro-Oeste Mineiro.

Diante da situação drástica presenciada na cidade, referente aos casos de coronavírus, e ainda, com tamanha repercussão nas redes sociais, o Hospital emitiu uma nota informando que está completamente comprometido com o atendimento da população e reiterou que a locação do conteiner é uma prática para que o bom atendimento seja mantido.

Conforme a nota o hospital “está totalmente comprometido com a população local no enfrentamento da COVID-19” e que a locação é uma prática para manter o bom atendimento.

Veja a nota do Hospital Santa Mônica na integra:

NOTA À IMPRENSA

O Hospital Santa Mônica de Divinópolis esclarece que os atendimentos no Pronto Atendimento da unidade não foram suspensos. A equipe do Hospital está trabalhando incessantemente para o enfrentamento da COVID-19,  regulando os atendimentos dentro das melhores práticas e protocolos, obviamente limitados a capacidade que o Hospital tem (recursos humanos, corpo médico e técnico, medicamentos e materiais, gases medicinais  dentre outros).

Por essa razão, entendemos que os leitos de internação e/ou UTI devem ser priorizados para casos graves de  Covid-19 e demais casos de urgência/emergência inadiáveis, de forma a não prestar prioridade para um paciente que pode adiar o atendimento médico presencial para outro momento em que haja maior controle, até para a própria segurança do mesmo.

Limitados a capacidade do Hospital, todos os pacientes, sejam eles beneficiários do Saúde Vida, de outras operadoras e mesmo particulares estão sendo atendidos no Pronto Atendimento. Havendo limitação, o Hospital coordenará a regulação com as operadoras e demais prestadores de serviços. Cabe ressaltar também, que a operadora Saúde Vida tem cerca de 41.000 vidas na região e está focada em atender os beneficiários, de forma a evitar o transbordo dessa população para o sistema público de saúde.

Sobre o vídeo em questão, primeiramente vale ressaltar que o Hospital Santa Mônica está totalmente comprometido com a sua população local no enfrentamento da Covid-19. O grupo mantém boas práticas no tratamento da doença. É notório e fato de ampla divulgação nacional, que os hospitais se encontram com a sua capacidade máxima de instalação dedicadas aos casos graves de Covid.

O caso do Hospital Santa Mônica ainda não estamos nessa estatística negativa, mas o grupo adota todas as formas de contingências possíveis para execução das suas boas práticas em todas as fases de atendimento, incluindo a referida locação de Container refrigerado. Reforçamo a recomendação a população da necessidade do uso de máscaras, evitar aglomerações, efetuar a lavagem das mãos e assepsia com álcool 70°, distanciamento e demais recomendações sanitárias.

FONTE: com informações jornal Divinews

Mais lidas