Conecte-se conosco

Cidade

Homem morre em incêndio residencial registrado em Divinópolis

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Uma pessoa morreu em um grave incêndio residencial registrado na tarde do último domingo, dia 18 de abril na cidade de Divinópolis. Segundo informado o fato ocorreu na Vila João Cota, no bairro Catalão.


De acordo com as informações repassadas, por volta das 16h10 a Central de Operações dos Bombeiros recebeu um chamado à para combate a um incêndio em residência, com provável vítima no interior do imóvel.

Com a gravidade da ocorrência, prontamente duas viaturas do Corpo de Bombeiros foram enviadas para o local, sendo uma Auto Bomba Tanque e uma Unidade de Resgate para atendimento da ocorrência, além da viatura do Comandante do Plantão Operacional.

No local, após a avaliação de cena, as equipes constataram se tratar de incêndio de grandes proporções em uma residência unifamiliar.

Foi também constatado pelos Bombeiros que as chamas já haviam atingido toda a estrutura da casa e que segundo informações de testemunhas, o morador ainda se encontra dentro da residência.

Diante dos fatos, as Guarnições Bombeiro Militar, montaram uma linha de combate a incêndio, com os militares devidamente equipados com os Equipamentos de Proteção Respiratória (EPR) e adentraram a residência.

Após diminuição da intensidade das chamas, foi possível localizar a vítima, identificada como um homem de 51 anos, que se encontrava no banheiro e já em óbito.

Segundo repassado pelos Bombeiros, uma equipe do SAMU compareceu ao local para apoio e verificou, também, a situação do óbito do morador da residência.

Por fim foi informado ainda que compareceu ao local o Perito da Polícia Civil e o Serviço Municipal do Luto, não sendo até o fechamento desta reportagem,  repassado as causas do incêndio.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mais lidas