Conecte-se conosco

Cidade

Trabalhadores da linha de frente do atendimento a pacientes com Covid-19 começam a ser vacinados em Nova Serrana

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Nesta quarta-feira, 20 de janeiro, a partir das 13h, começará a ser realizada a vacinação contra covid-19 em Nova Serrana. Mas neste momento apenas os profissionais da linha de frente de atendimento a pacientes com covid-19 serão vacinados.


Conforme informado em coletiva realizada no fim da tarde desta terça-feira (19) no gabinete do prefeito Euzebio Lago, o chefe do executivo, junto com a secretária Municipal de Saúde, Glaucia Sbampato explicaram todos os detalhes do procedimento que será iniciado na Unidade de Pronto Atendimento e no Hospital São José.

Conforme informado a cidade receberá nesta quarta (20) cerca de 400 doses da vacina, no primeiro momento, e posteriormente na segunda etapa mais 400 doses serão encaminhadas ao município.

De acordo com Glaucia Sbampato, a imunização no município seguirá a orientação do Ministério da Saúde (MS) que definiu os grupos prioritários para receberem a dose da vacina.

“Na primeira etapa serão vacinados os trabalhadores da saúde do sistema público seguindo as seguintes prioridades: profissionais que atuam nas unidades de saúde onde acontecerá a vacinação, profissionais que atuam no ambulatório-covid (UPA), Enfermaria-Covid (Hospital São José) e CTI-covid (São José). Posterior e gradualmente, todos os demais profissionais de saúde que atuam no município serão vacinados”.

Segundo apontado pela secretária, existe o temor de que as doses não sejam o suficiente, uma vez que a estimativa do município é que ao todo, incluindo profissionais de instituições privadas e serviço público, seja de 1500 pessoas.

Quanto as duas etapas da vacinação, as primeiras 400 doses chegarão em Nova Serrana nesta quarta(20), serão realizados os procedimentos e protocolos determinados pelo Ministério da Saúde e a partir das 13h será iniciada a vacinação.

As outras 400 doses devem ser enviadas às vésperas da data marcada para a aplicação da segunda dose. Vale lembrar que esta vacina tem indicação de duas doses para completar o esquema vacinal, em um intervalo de 2 a 4 semanas.

É importante ressaltar que a vacinação não será obrigatória para os profissionais. “A vacina está sendo disponibilizada, e cabe ao profissional decidir sobre a imunização. Nós cumprimos os procedimentos e disponibilizamos todos os equipamentos de segurança para cada profissional da Saúde e isso não mudará com a vacinação. Particularmente não acreditamos que nenhum profissional decidirá por não tomar a dose da vacina, visto que eles estão na linha de frente tratando de pessoas acometidas pela doença e sabem a gravidade que é o coronavírus”. Disse a secretária.

Quanto ao cronograma municipal de vacinação, o executivo informou que as datas e procedimentos serão definidos nas próximas semanas de acordo com a disponibilidade da vacina no estado.

Vale ressaltar no entanto,  que o objetivo da primeira etapa da vacinação é reduzir a mortalidade causada pelo novo coronavírus e manter o funcionamento da força de trabalho dos serviços de saúde e a manutenção do funcionamento dos serviços essenciais.

De acordo com a orientação do MS, a população-alvo da vacinação contra a covid-19, foram priorizadas segundo os critérios de exposição à infecção e de maiores riscos para agravamento e óbito pela doença. O escalonamento desses grupos populacionais para vacinação se dará conforme a disponibilidade das doses de vacina.

No total, o MS destinou 577 mil doses da vacina CoronaVac para o estado de Minas Gerais, das quais 60 mil ficarão na capital mineira e as demais distribuídas entre os demais municípios.

Prefeito fala sobre os cuidados com o Covid-19

Durante a coletiva o chefe do executivo municipal ressaltou que a chegada da vacina é a notícia do século, contudo a população não deve diminuir os cuidados e prevenção com o covid-19.

“Esta é a notícia do século, todos aguardávamos pela vacina que em tão pouco tempo foi desenvolvida, isso nunca aconteceu na história da humanidade, uma vacina ser produzida em tão pouco tempo de pandemia. É importante no entanto que a população não relaxe quanto as medidas protetivas. A medidas de higiene, distanciamento social e uso de mascara devem ser mantidos”. Disse o prefeito.

Quanto ao início da vacinação ser realizada com os profissionais da linha de frente de atendimento a pacientes com Covid-19, o prefeito ressaltou que “aqueles que cuidam merecem ser cuidados com prioridade”. Afirmou Euzebio Lago.

Mais lidas