Conecte-se conosco

Geral

Morre homem que deixa 39 viúvas e 137 filhos e netos

Avatar

Publicados

em

Família Chana ocupa um prédio enorme no estado de Mizoram
A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Um polígamo e líder de uma seita, que tinha 39 esposas e pelo menos 127 filhos e netos, morreu aos 76 anos no nordeste da Índia, disseram as autoridades.


Zionnghaka Chana, que vivia no isolado estado de Mizoram como patriarca de uma das maiores famílias do mundo, sofria de diabetes e hipertensão e faleceu no domingo em um hospital.

O ministro de Mizoram, Zoramthanga, tuitou no domingo à noite que o estado se despedia de Chana com “o coração pesado”.

“Mizoram e seu vilarejo em Baktawng Tlangnuam se tornaram uma grande atração turística do estado, graças a esta família”, acrescentou Zoramthanga.

A seita foi fundada pelo avô de Chana na década de 1930 e tem cerca de 1.700 membros, incluindo quatro gerações da família Chana, vários dos quais trabalham com marcenaria ou cerâmica.

Sua filosofia é baseada nos princípios cristãos, apesar do fato de que os líderes da Igreja Presbiteriana, a principal fé no estado, rejeitam a poligamia de Chana.

Casou-se pela primeira vez aos 17 anos, segundo a imprensa local.

 

Fonte: AFP/Estado de Minas

Foto: Agência de Notícias da Europa

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas