Conecte-se conosco

Justiça

Justiça acata pedido e empresário investigado por morte de segurança em Divinópolis recebe liberdade provisória

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.
Em Divinópolis, a a justiça autorizou a liberdade provisória do empresário Pedro Lacerda, que estava preso por ser investigado pela morte do segurança Edson Carlos Ribeiro.
Segundo informações divulgadas, o empresário envolvido acusado de agredir o segurança que trabalhava em uma festa e veio a óbito ainda no local, deixou o presídio Floramar, na noite da última quarta-feira (13/10).
Conforme repassado, a liberdade provisória foi deferida pela Primeira Vara Criminal. Pedro Lacerda estava preso desde o dia 26 de setembro, quando foi detido em flagrante e revertido para prisão preventiva.
Após dois pedidos de liberdade condicional negados, a terceira tentativa foi acatada após a conclusão do inquérito e a apresentação do laudo pericial que apontou a causa da morte do segurança como mal súbito.
Segundo apresentado pela Polícia Civil, as investigações e laudo pericial apontaram que Edson Carlos Ribeiro sofria de cardiomiopatia hipertrófica. Além da perícia, a doença foi confirmada, segundo o órgão, por meio do histórico médico.
foto: Reprodução/Redes Sociais
Leia mais...
Propaganda

Mais lidas