Conecte-se conosco

Geral

Homens são eletrocutados ao tentarem retirar antena de residência em Nova Serrana

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Uma das vitimas recebeu a descarga ao encostar acidentalmente antena na rede elétrica, segundo boletim de ocorrência choque recebido pelas vitimas foi de 13800 volts

No último Domingo, dia 23 de setembro, dois homens ficaram gravemente feridos ao serem eletrocutados em Nova Serrana.

Segundo o boletim de ocorrência o incidente aconteceu por volta das 9h20, a rua Vicente Magela no bairro Dom Bosco, onde conforme informações de testemunhas, uma das vitimas estava se mudando da residência quando subiu na laje para retirar a antena de TV que estava fixada em um cano de metal, momento este que esbarrou a antena no fio de alta tensão da rede elétrica pública, levando uma descarga de 13.800 volts.

Os autos apontam que já inconsciente a vitima ainda caiu sobre uma grade feita de vergalhão, a qual uma das pontas atravessou o lado esquerdo do seu pescoço.

Segundo informações a segunda vitima foi atingida pelo fato de que no momento do acidente, a descarga desceu pelo cabo da antena, que estava arrastando no passeio, vindo a atingir um homem que estava próximo do cabo, o qual recebeu uma parte da descarga e teve suas vestes incendiadas.

Ainda segundo os relatos as chamas foram apagas por parentes e amigos que estavam por perto ajudando a colocar a mudança no caminhão.

Os Bombeiros Militares foram acionados e identificaram as vitimas como Lucas Silva dos Santos, com idade de 36 anos, morador da residência e João Carlos de Jesus Santos, que foi atingido ao solo com idade de 25 anos.

Segundo os autos dos Bombeiros, João Carlos foi encontrado caído na porta da residência, apresentando queimadura de 3° grau na face, no crânio, no pescoço, no tronco anterior e posterior, nos membros superiores e inferiores, somando um total de 94% da área corpórea queimada.

Já Lucas além de ter sofrido ferimento perfurante no pescoço, obteve queimaduras de 3º grau nos membros superiores e nos pés. Tendo um total de 30%da área corpórea queimada.

Ainda segundo os autos o atendimento a Lucas foi mais complexo devido ao fato da vitima estar inconsciente em cima da laje, e ainda ter ficado por baixo do cano da antena, que se encontrava agarrado a rede elétrica e estava energizado, havendo um risco eminente para as equipes de socorro.

Os autos apontam que houve demora da equipe da Cemig em chegar no local e devido a necessidade de socorrer a vítima que estava preste a morrer, os bombeiros aproveitaram que Lucas havia caído sobre algumas tábuas, e então foi feito o arrasto do mesmo, retirando ele da área energizada e iniciando o atendimento com o apoio da Dra. Simone, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Os autos ainda apontam que as vitimas foram incialmente encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Serrana para a estabilização e intubação.

Na UPA foi constatado que a vitima João Carlos havia sofrido lesões em órgãos internos, sendo empenhado um helicóptero do Corpo de Bombeiros que transportou a vitima para o setor de queimados do Hospital João XXIII em Belo Horizonte.

Já a vítima Lucas Silva, foi transportado pela equipa do SAMU para o Hospital São João de Deus em Divinópolis.

Até o fechamento da reportagem o estado de saúde de ambas as vítimas era grave, contudo não sem informações precisas sobre riscos de morte.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas