Conecte-se conosco

Governo Estadual

Governo de Minas anuncia pagamento do 13º para servidores que ganham entre R$ 2.000 e R$ 2.500

Avatar

Publicados

em

O governo de Minas Gerais informou, na noite de ontem, que vai quitar, na próxima terça- feira, o 13º salário de 2019 de todos os servidores que recebem entre R$ 2.000 e R$ 2.500 líquidos.

A medida contempla mais de 60 mil funcionários públicos, que se somam àqueles com salário de até R$ 2.000 e que já receberam a totalidade do benefício em dezembro.

O anuncio ocorreu por meio de nota oficial que foi divulgada pela assessoria de comunicação do governo de Minas.

Segundo o comunicado o governo de Minas trabalha para ajustar a situação junto aos servidores ainda não contemplados, ou seja que tem remuneração acima de R$ 2500,00, de forma integral, e justificou que a operação da antecipação dos recebíveis do nióbio é a garantia para a quitação total do 13º salário dos servidores.

Confira a nota oficial do governo do Estado:

Nota Oficial

O Governador Romeu Zema, empenhado em quitar o 13º salário dos servidores públicos estaduais, demandou a Secretaria da Fazenda um grande esforço financeiro e fará o depósito integral no próximo dia 21 a todos os funcionários que recebem até R$ 2,5 mil líquidos, contemplando mais de 60 mil servidores.

O pagamento só será possível graças aos esforços adicionais da Secretaria de Fazenda, especificamente, da Receita Estadual, que tem se empenhado ao máximo no sentido de incrementar a arrecadação do Estado.

O Governo havia firmado compromisso com a Fazenda de que pagaria, em três parcelas, o 13º dos servidores da referida secretaria, caso ela conseguisse levantar recursos para quitar com o abono de quem recebe entre R$ 2.000 e R$ 2.500. Por isso, os servidores fazendários recebem a primeira parcela também no dia 21.

Vale reforçar que, em dezembro do ano passado, o Governo do Estado efetuou o pagamento integral do 13º a 61,5% dos servidores, que recebem até R$ 2 mil líquidos. Esse foi um compromisso assumido pelo governador com os servidores que têm os menores rendimentos.

Para os servidores ainda não contemplados, o Governo de Minas reafirma o seu compromisso em realizar o pagamento do 13º salário integral e trata como prioridade a busca para solucionar essa questão. Contudo, a operação da antecipação dos recebíveis do nióbio é a garantia para a quitação total do 13º salário dos servidores.

Mais lidas