Conecte-se conosco

Governo Municipal

Coronavírus: Boletim registra novo óbito em Divinópolis

Avatar

Publicados

em

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Divinópolis informou na última quarta-feira 11 de novembro, o boletim epidemiológico atualizado que confirma mais uma morte decorrente de Covid-19 no município. Ao todo, são 71 óbitos desde o início da pandemia.

Com base em dados divulgados pelo Ministério da Saúde através da plataforma “FormSUScap”, Divinópolis conta com 2050 casos confirmados, 16048 notificações, 724 casos descartados, 1824 recuperações, além de um óbito em investigação.

Em relação às notificações, o boletim registra 83 casos suspeitos para pacientes menores de um ano; 332 entre 1 a 4 anos; 260 entre 5 a 9 anos; 895 entre 10 a 19 anos; 7961 entre 20 a 39 anos; 4837 entre 40 a 59 anos; além de 1680 pessoas com 60 anos ou mais. A população do sexo feminino compreende a maioria das notificações, com 8474. Enquanto isso, 7574 casos suspeitos equivalem ao sexo masculino.

Quanto aos casos confirmados, a população mais atingida corresponde a faixa etária entre 20 a 39 anos, com 864 pessoas. Cinco pacientes possuem menos de um ano de idade; 18 entre 1 a 4 anos; 26 entre 5 e 9 anos; 73 entre 10 a 19 anos; 721 entre 40 a 59 anos; além de 343 pessoas com 60 anos ou mais. Em relação ao sexo, 1137 pacientes equivalem ao sexo feminino e 913 pessoas equivalem ao sexo masculino.

Novo óbito pela Covid-19

O primeiro óbito corresponde a um paciente de 75 anos, portador de doença cardiovascular crônica e diabetes. Ele foi admitido na UTI do Hospital São João de Deus em 15/09, transferindo para a enfermaria em 26/10. Foram realizados dois testes de RT-PCR, em 11/09 e 16/09, ambos com resultado positivo. Seu óbito ocorreu na última sexta-feira (06/11).

Ocupação hospitalar

Os dados hospitalares apontam que 20 pessoas estão internadas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 41 pacientes se encontram no setor de enfermaria com quadro clínico compatível à Covid-19. A taxa de ocupação é de 27% na UTI e 30,4% no setor de enfermaria. Outras 5551 pessoas foram internadas ou atendidas em hospitais do município com quadro suspeito da doença nos últimos meses.

Mais lidas