Conecte-se conosco

Economia

Vigilância Sanitária de Nova Serrana interdita temporariamente três grandes supermercados

Avatar

Publicados

em

O governo municipal de Nova Serrana deu início na tarde desta terça-feira, dia 07 de abril, a uma operação de fiscalização nos supermercados e estabelecimentos comerciais da cidade.

Segundo apurado a ação que foi realizada pela Vigilância Sanitária de Nova Serrana (VSNS) que interditou temporariamente neste primeiro momento três grandes unidades de supermercados do município. Conforme informado os supermercados descumpriram o decreto 031/2020, não apresentando a documentação exigida pela normativa.

Conforme repassado pela VSNS, foram interditados os supermercados Economart, a unidade do Centro do Mac Supermercados e do Planalto do Supermercado Oliveira.

De acordo com a  coordenadora da VSNS, Mariângela Correa, a fiscalização observa o cumprimento de determinações sanitárias no combate ao Coronavírus, sendo que todos os estabelecimentos comerciais serão fiscalizados gradativamente pela Força Tarefa.

Segundo informado pela coordenadora, a fiscalização desta tarde não foi uma ação isolada, uma vez que já vinham sendo realizadas visitas e orientações foram dadas aos estabelecimentos interditados.

“Todos os grandes supermercados haviam sido notificados para cumprir as medidas preventivas . Houve o trabalho educativo, como estava acontecendo o descumprimento, então nos reunimos com o Comitê de Enfrentamento ao covid-19, tivemos todo o respaldo técnico e hoje, visitamos quatro supermercados ao mesmo tempo para fazer a interdição daqueles que não cumpriam com os termos do decreto”.

Conforme repassados  além dos três supermercados interditados, o Supermercado ABC também foi fiscalizado e apresentou a documentação exigida.

Supermercado ABC também foi fiscalizado mas apresentou a documentação exigida pela VSNS

Já relacionado ao MAC, foi também informado pela VSNS, que a equipe retornaria ainda hoje no estabelecimento, pois houve o comunicado de que a documentação já foi providenciada, sendo o estabelecimento liberado para funcionamento assim que for apresentado a documentação.

A coordenadora da VSNS, ainda lamentou o fato da interdição, mas informou que “a VSNS teve que tomar a medida drástica pela segurança da população e cumprimento da determinação prevista no decreto. Cabe ressaltar que não houve multa, somente interdição cautelar que será revista assim que for apresentada a documentação”, informou.

Novos fiscais

Segundo informado pela secretária Municipal de Saúde, Gláucia Sbampato, “as ações da Vigilância estão em consonância com o decreto 031 e a liminar expedida em desfavor do município. Os serviços essenciais devem garantir segurança aos colaboradores e clientes”.

Gláucia ainda garantiu que “as ações de fiscalização continuarão sendo realizadas em Nova Serrana, para isso foram capacitados 40 fiscais que participarão desta força tarefa. Todos os segmentos serão notificados e persistindo as inadequações, serão interditados pela VSNS”. Finalizou a secretária.

Foto: O Popular

Mais lidas