Conecte-se conosco

Administração

Vereador usa a tribuna e denuncia “favorecimento direto de pessoas da administração” na UPA de Nova Serrana

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Na noite desta terça-feira, dia 05 de fevereiro, durante reunião ordinária da Câmara Municipal de Nova Serrana o vereador Willian Barcelos (PTB) em uso da tribuna, realizou sérias denúncias referentes a favorecimentos e esquemas de contratos relacionados a Organização Social (OS) que atualmente administra a UPA de Nova Serrana.

Em suas falas o vereador apresentou nomes de pessoas e empresas que estão envolvidas, segundo o vereador, em um esquema de facilitação com contratos e recebimentos que variam entre R$ 15 mil a R$ 18 mil por mês além de outros benefícios que colocam o valor recebido pelos envolvidos nos contratos na ordem superior a R$ 20 mil mensais.

Dentro das denúncias feitas pelo vereador estão o fato de que a OS Hospital e Maternidade Terezinha de Jesus, já faz parte de um sistema que vem sendo investigada no Rio de Janeiro, que segundo Barcelos faz parte de um desdobramento da operação Lava Jato, chamada Fatura Exposta e ainda apontou que esquemas de propinas já foram constatados pela referida OS na investigação em questão.

Barcelos nomeou possíveis envolvidos que antes eram funcionários da Secretaria Municipal de Saúde, foram promovidos e pouco tempo antes da assinatura do convênio com a OS, foram exonerados, abriram empresa própria e hoje são prestadores de serviço, tendo como contador o mesmo escritório que faz a contabilidade da OS em questão.

Após todos os procedimentos e denúncias o vereador sugeriu a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para que os contratos fossem todos fiscalizados pelo legislativo, pedido esse que foi endossado pelos demais vereadores da casa.

Por sua vez a Secretaria Municipal de Saúde se manifestou e afirmou que todos os esclarecimentos serão dados em tribuna durante reunião ordinária da Câmara.

Confira matéria completa, com os detalhes da denúncia e o posicionamento da prefeitura de Nova Serrana e da secretária Municipal de Saúde, Glaucia Sbampato, na edição do jornal O Popular desta Quinta-feira, dia 07 e fevereiro.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas