Conecte-se conosco

Governo Municipal

Veja o vídeo: Vereador de Nova serrana é ameaçado por popular durante reunião ordinária

Avatar

Publicados

em

O clima não anda nada tranquilo na Câmara Municipal de Nova Serrana, e isso pode ser percebido na reunião ordinária desta terça-feira dia 14 de maio.

Após seis vereadores serem afastados de seus respectivos cargos por investigação promovida pelo Gaeco e o Ministério Público de Nova Serrana mais uma vez a polícia foi a câmara de Nova Serrana, contudo dessa vez para atender um chamado e registrar uma ocorrência de ameaça contra um vereador.

A ameaça aconteceu após o vereador Willian Barcelos (PTB) iniciar seu pronunciamento oficial durante a 13ª reunião ordinária. O legislador apresentava ponderações referentes ao atendimento na UPA de Nova Serrana, quando foi interrompido pelos gritos de um popular conhecido como Dinho das Calhas, identificado pela assessoria de Barcelos como Oliveira Eudes Oliveira.

Ao interromper o pronunciamento do vereador, Barcelos se dirigiu ao popular do plenário e afirmou “o Dinho, calma que ainda medimos as calhas ainda não”.

Imediatamente após o vereador ter pronunciado essas palavras o popular se levantou saiu de seu lugar e se dirigiu até a grade que separa a população dos edis gritando palavras dirigidas ao vereador e batendo no peito.

Barcelos então direcionou a presidente e afirmou, “Teresinha, deixa o Dinho fazer campanha que quem sabe ele consegue mais do que 78 votos como teve da outra vez”.

Batendo no peito Dinho começou a gritar “investiga a minha empresa aqui não tem roubo não seu safado, aqui é homem, você não é homem?”.

Willian então afirmou “você me respeita que te passo a preso, me respeita, você não está mexendo com moleque não, te dou voz de prisão seu safado, vem bater aqui para você ver”.

Com o princípio de tumulto iniciado, um assessor do vereador Jadir Chanel e o segurança da casa interviram retirando o popular do plenário, sendo retirado do plenário, o popular ainda gritou, “se eu não quebrar as suas pernas la fora eu mudo meu nome”.

A sessão foi interrompida por cinco minutos e a Polícia Militar foi acionada, contudo o popular envolvido já havia deixado o legislativo.

Segundo assessoria do vereador, foi registrada uma queixa de ameaça contra, o suspeito, e ainda, cabe ressaltar que a PM escoltou o vereador até a sua residência.

Mais informações sobre o fato serão repassadas na edição impressa do jornal O Popular desta quinta-feira, dia 16 de maio.

Confira o vídeo gravado por populares presentes no momento do tumulto:

 

 

Mais lidas