Conecte-se conosco

Editorial

Tudo é questão de interesse!

Publicados

em

Essa foi sem dúvidas, uma semana agitada e cheia de particularidades quanto a nossa cidade. Homens públicos tornando cada vez mais pública as suas roupas sujas, ofensas, vetos. Sim, houve veto de projeto de lei e você terá acesso as todas as informações na edição de terça-feira, do Popular

Durante a semana teve projeto de auxílio alimentação sendo aprovado para servidores, claro reforçando que 19 deles não tem a mínima necessidade por serem os ricos da Câmara (muito mais até do que os vereadores), brigas e ofensas em redes sociais, extraordinária para cassação de legislador em pleno recesso.

Tudo isso caros leitores, acontecem por interesse. Essa palavra forte que tem como significado segundo o sábio google como “o que se considera relevante, vantajoso, útil; tendência para o que traz benefícios e ainda é sinônimo de  proveitoso, vantajoso”.

O interesse é visto por Benjamin Franklin como uma eficiente forma de argumentar. Segundo o ex-presidente disse “quando você quiser convencer alguém, fale de interesses em vez de apelar à razão”.

Essa linha de raciocínio de fato é estabelecida aqui em Nova Serrana, e se olharmos bem para o contexto, vamos perceber que o grupo da base do prefeito, tem sim um grande interesse em defender o vereador Willian Barcelos (PTB).

Não estamos falando de qual seria esse interesse, mas poderia ser amizade, poderia ser justiça, ou poderia ser pelo fato de que sem o vereador, o grupo que está disposto a se opor ao presidente da casa e seu bloco fica fragilizado.

Charles Talleyrand-Périgord afirmava que “A questão é saber se há pessoas honestas quando o interesse ou a paixão estão em jogo.” E aqui, não duvidando da honestidade dos edis, mas percebemos que há interesses pessoais nesse cenário, afinal o único legislador que vem de forma embasada dando trabalho ao bloco que hoje ocupa a mesa diretora é justamente Barcelos.

Não estamos colocando em mérito a honestidade do grupo, contudo “a administração é a arte de aplicar as leis sem lesar os interesses” segundo Honoré de Balzac, e nesse sentido podemos perceber que uma situação que colocada e que poderia ser facilmente articulada e superada, pelo interesse administrativo, se torna um processo com indícios de cassação.

Levando o interesse para o lado de Barcelos, Napoleão Bonaparte dizia que “Todo o homem luta com mais bravura pelos seus interesses do que pelos seus direitos”. Nesse ponto questionamos se os interesses que bradaram nas redes sociais não eram apenas como uma forma de se empossar de uma postura para um futuro eleitoral.

Willian afirma que seu interesse é em tornar tudo claro, explicito e que a população deixe de ser enganada. Mas o que estranha nessa situação é que o nobre vereador (sem nenhuma ironia, porque sim consideramos ele um dos senão o mais capacitado dali), tomou uma postura que não condiz com seu discurso?

Segundo apurado a denúncia de origem a Comissão Parlamentar de Inquérito virá de um servidor. E vejam caros leitores, qual interesse teria um servidor de colocar sua mão na cumbuca de vereadores.

Será que pelo fato do vereador andar por ai combatendo benefícios e mamatas dadas a servidores municipais seria um motivo de interesse moralmente adequado? Será que defender algum padrinho eleito como vereador seria um motivo válido? Será que algum servidor sentiu-se agredido quando o vereador chama os colegas de picaretas? Se for assim Jadir Chanel, você será o próximo, porque segundo nossa equipe de jornalismo ouviu, o Toucinho para porcos não foi bem aceito pelos servidores da casa.

Por fim caros leitores, queremos muito acreditar que esse contexto que temos relatado durante todo o primeiro semestre de 2018, não seja para que motivos corruptivos se instaurem sobre nossa cidade.

Como meio que cobre a política, particularmente não acreditamos nisso, mas como já dizia Voltaire “O interesse que tenho em acreditar numa coisa não é a prova da existência dessa coisa”.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas