Conecte-se conosco

Editorial

Saúde pra que te quero

Avatar

Publicados

em

Se a saúde estiver em dia, a falta de dinheiro, as preocupações amorosas, o filme da tela quente, o ônibus lotado no fim do dia ou a meia furada são problemas que não intervêm diretamente na nossa condição e vida.

Na verdade se a saúde está em dia todo o resto pode ser ajustado, condicionado, pode ser até mesmo ignorado, mas a saúde, essa tem estar andando de vento em popa.

A questão é que quando se fala de serviço público e de administração pública a saúde nunca está em dia. Parte disso é condicionada ao fato de que quem está doente não quer esperar, mas também está limitado ao fato de que ano após ano, dia após dia o problema da saúde é postergado e nunca resolvido.

Como na educação e na segurança, a saúde se torna um trampolim eleitoral e se não estamos enganados você caro leitor, já ouviu um discurso pelos lados de cá de que “Se eleito eu vou trazer um hospital de 20 andares para a cidade”.

Bom, esse discurso pode até não ter acontecido de verdade, mas se perpetuou na última campanha. Mas agora ele não vem necessariamente ao caso, afinal as eleições foram ganhas por um candidato que muito pouco prometeu quanto à saúde, e que agora recebeu quase que de mão beijada uma batata quente que pode ser tornar seu trunfo político.

O Ministério Publico aparentemente se cansou de tamanha incompetência administrativa, praticamente nenhuma solução foi apresentada, nada de novo aconteceu, ou melhor, aconteceu sim a administração da Fundação São Vicente de Paula, pediu mais dinheiro, e como o ciclo se tornou vicioso e insustentável o grito de misericórdia veio da promotoria que pediu o fim da fundação, pedido que foi então deferido pelo Juiz da Comarca de Nova Serrana.

Convenientemente ou não a prefeitura acabara de tornar a saúde municipal plena, ou seja, ela passa a ser dona do seu nariz e como um jovem que acabara de se tornar adulto e ter seu primeiro emprego, passou a administrar seus recursos colocando cada centavo onde bem entender.

Esse fato pode parecer perigoso aos olhos de muitos, em algumas pastas municipais dar autonomia para o secretário seria como brincar de roleta russa, mas na saúde a competência tem se mostrado um fator resolutivo, e os centavos gastos da forma como bem entender podem tornar o Hospital São José, uma instituição virtualmente falida e abandonada como uma referencia na saúde municipal.

Para agregara ainda mais valor ao fato, o município está trazendo um hospital dia, nos formatos do programa feito na cidade de São Paulo, e ainda tem o convênio com o hospital Santa Mônica, que apesar de ser privado vai se instalar aqui.

A batata quente da saúde começa a dar sinais de que pode se tornar nas mãos de Euzebio o grande avanço de sua administração, e como bom mineiro, o prefeito está literalmente com a faca e o queijo nas mãos, só falta agir com atenção necessária e com a vontade devida para que essa seja a gestão mais resolutiva quanto a saúde pública da história de Nova Serrana.

Quanto a Fundação São Vicente de Paula, a liminar emitida pelo juiz tem um prazo de 15 dias para ser contestada por meio de recurso junto ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Caso não aconteça a liminar se torna permanente e o tribunal deve acatar a decisão do juiz da Comarca de Nova Serrana.

Contudo queremos reforçar que, sem fator político seria sinceramente um crime social que esse recurso acontecesse. Se pararmos para pensar as últimas três gestões tentou, moveu esforços mas a situação não se tornou salutar, e agora, existe a possibilidade de uma sobrevida, de uma cura, de um atendimento digno com a amplitude que a cidade que mais cresce em Minas demanda.

Já foi mais do que provado que o hospital no antigo formato administrativo não obtinha solução, não obtinha resultados, era como se permanecesse em estado de coma sem ao menos ter uma expectativa de sobrevida.

Albert Einstein afirmava que “insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”, assim sendo esperamos que essa administração seja salutar e que os resultados finalmente sejam benéficos, não para grupos politiqueiros e bajuladores de políticos de plantão, mas para a população que demanda e necessita de uma saúde de qualidade para que todo o resto se torne apenas um detalhe para uma vida feliz e produtiva.

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br"
A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.
Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas