Conecte-se conosco

Governo Estadual

SAMU aumenta em 30% o número de atendimentos em Nova Serrana

Avatar

Publicados

em

O Serviço de atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em Nova Serrana teve um significativo aumento quanto ao número de atendimentos referente ao primeiro semestre de 2019.

De acordo com os dados divulgados pela Assessoria de Comunicação Organizacional (ASCOM) do SAMU Oeste, comparado com o ano passado, em 2019 foram registrados 359 atendimentos a mais, o que representa um aumento de aproximadamente 30% quanto aos registros somente em Nova Serrana.

Os dados apontam que entre 1º de janeiro e 30 de junho de 2018 foram registrados 1.184 atendimentos no município, enquanto no mesmo período deste ano, a Central de Regulação do SAMU, registrou 1.543 atendimentos.

Quanto ao tipo de registro também houve aumentos significativos, no período de janeiro a junho de 2018, 894 atendimentos foram feitos pela Unidade de Suporte Básico (USB) e 290 chamados foram atendidos pela Unidade de Suporte Avançado (USA).

Já em 2019, foram registrados 1.182 atendimentos pela USB e 361 pela USA, o que apresenta um maior número de atendimento graves que necessitaram ser realizados por uma equipe médica.

Causa

Outros dados significativos estão relacionados às causas dos atendimentos, uma vez que neste ano foi registrado um aumento de 269 atendimentos relacionados a causas clinicas quando comparado ao primeiro semestre do ultimo ano.

Já os atendimento pediátricos também apresentaram um aumento de 51%, tendo registrados em 2018, 29 ocorrências enquanto em 2019 foi prestado socorro a 44 casos, ou seja um aumento real de 15 registros.

Os dados também apontam que comparando os dois anos houve crescimento de aproximadamente 15% quanto aos casos de traumas atendidos nesse ano, 35% em causas psiquiátricas e 13% em causas obstétricas.

Também foi informado que dos 1.543 atendimentos promovidos no primeiro semestre deste ano 788 foram para pacientes do sexo masculino e 755 pessoas do sexo feminino, o que representa assim um aumento de 27%b e 33% respectivamente, quando comparados aos obtidos no mesmo período de 2018.

Faixa etária

No relatório encaminhado pela assessoria é possível ainda notar que houve na faixa etária de zero 1 ano o maior aumento em percentual de atendimento, obtendo um crescimento do número de chamadas para atendimento a essa faixa etária de 68%, o que representa 24 chamadas a mais neste ano.

Ainda em destaque temos o aumento das chamadas entre a faixa etária de 41 a 60 anos, com 112 chamados a mais registrados em 2019, o que representa um crescimento de 44% no comparativo com 2018.

Houve ainda o aumento de mais faixas etárias sendo registrado 12% a mais de chamadas para a faixa etária de 02 a 09 anos; 36% de 10 a 19 anos, 15% de 20 a 40 anos e por fim 40% acima de 60 anos.

Convênio com o Hospital São José

Ainda sobre o SAMU uma importante mudança está para acontecer a partir deste mês, isso porque conforme anunciado o Hospital São José, fechou um convênio e passará a ser parte da rede de urgência do Estado, que recebe os pacientes por meio de regulação do SAMU.

Com a inclusão Nova Serrana terá no município uma unidade hospitalar ligada ao Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste para gerenciamento de serviços de Urgência e emergência (Cisurg-Oeste) que gere o Serviço de Atendimento móvel de Urgência e Emergência (SAMU) na região.

Sendo assim pela primeira vez na história do município Nova Serrana foi inclusa em uma rede de urgência e emergência e com isso significativos ganhos são obtidos para o município, que desde um primeiro passo para o desenvolvimento e auto-suficiência financeira do hospital até mais comodidade para a população são obtidos com a medida.

Ainda segundo informado a expectativa é que a partir do mês de setembro a unidade hospitalar já seja integrada ao SAMU, viabilizando assim em muitos casos um atendimento mais rápido e maior comodidade para a População de Nova Serrana, que até o momento só conta com a UPA para atendimento e locomoção de pacientes nos chamados do SAMU, no município.

Mais lidas