Conecte-se conosco

Brasil

Receita Federal alerta sobre falso e-mail sobre problemas no CPF

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Recentemente, brasileiros relataram ter recebido um e-mail informando que dados em análise para entrega da Declaração do Imposto de Renda detectaram problemas relacionados ao CPF. No entanto, a Receita Federal alerta que a mensagem é falsa e trata-se, na verdade, de um golpe.


Na mensagem, os criminosos pedem que as pendências com o documento sejam regularizadas com urgência, ou então, o CPF será suspenso e o dono será penalizado com uma multa, o que incentiva o cidadão a clicar em um link.

A Receita orienta que as pessoas que receberam mensagens com essa, apaguem os e-mails, pois podem ser compostos por vírus ou qualquer outro software que se instala no computador e rouba dados, possibilitando diversos tipos de golpes.

Receita Federal não autoriza envio em seu nome

É válido salientar que a Receita Federal não autoriza terceiros ou empresas a enviarem e-mails em nome do órgão.

Portanto, para saber a real situação do CPF, o cidadão precisa acessar a página de serviços de consulta pública, e preencher com o CPF e a data de nascimento. A página não fornece informações sobre a situação econômica, financeira ou fiscal do titular, limitando-se somente a situação cadastral.

Mais de 200 milhões tiveram o CPF vazado e golpistas sacam o FGTS

Recentemente, um total de 223 milhões de números de CPF foram colocados a venda por criminosos em um megavazamento de dados. Os números estão sendo utilizados por golpistas para crimes como o saque indevido do FGTS.

Os fraudadores utilizam o CPF e o nome das pessoas para se cadastrarem no aplicativo Caixa Tem, informam um falso e-mail e pegam o valor contido na conta do beneficiário. O aplicativo não pede confirmação da identidade do usuário, o que facilita para os golpistas acessarem  a conta digital.

Como os golpistas sacam o dinheiro?

A Caixa Econômica Federal  deposita automaticamente o dinheiro do FGTS em contas de poupança social digital, que é movimentada por meio do aplicativo Caixa Tem.  Após ser depositado, os golpistas instalam o Caixa Tem, preenchem os dados com o CPF do trabalhador e utilizam um e-mail falso para poder acessar a conta.

Após ter  acesso à conta, os golpistas pagam boletos gerados em alguma carteira digital e transferem o valor. No entanto, a  vítima só descobre o golpes quando tenta se cadastrar no Caixa Tem e o sistema acusa que um cadastro já foi feito com o CPF dela.

Como se prevenir do golpe?

A Caixa Econômica Federal ressaltou que  os beneficiários devem utilizar somente os canais oficiais do banco para obter informações sobre o saque. Além de acessar os canais oficiais, também foi aconselhado que os trabalhadores não forneçam senhas ou outros dados de acesso em outros sites ou aplicativos.

Vale salientar que, a Caixa Econômica Federal  não solicita senha e assinatura eletrônica numa mesma página, sendo a assinatura digitada apenas por meio da imagem do teclado virtual. Além disso, a Caixa não envia SMS com link e só envia e-mails se o cliente autorizar.

FONTE: por Ester Farias – NOTÍCIAS CONCURSOS

 

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas