Conecte-se conosco

Nova Serrana

R$ 30 milhões investidos na Saúde Municipal durante quatro meses

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Responsável pela Pasta, Glaucia Sbampato realiza prestação de contas para vereadores de Nova Serrana e apresenta destinação e total de recursos investidos na Saúde de Nova Serrana


Em Nova Serrana, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), realizou na última segunda-feira (04/10), uma reunião de prestação de contas para os vereadores. Na oportunidade Glaucia Sbampato, secretária da pasta, expôs aos edis os investimentos e ações promovidas pela saúde no município.

A prestação de contas aconteceu na sala do Presidente da Câmara Municipal de Nova Serrana, onde foi apresentado todos os dados de investimentos e informações acerca da gestão dos recursos da pasta, receitas e despesas, referentes ao último quadrimestre, bem como as ações da saúde pública neste Município.

De acordo com Glaucia Sbampato, não somente a prestação de contas contábil, ma também a assistencial, é de suma importância para que o legislativo possa acompanhar a evolução do trabalho, já que no entendimento da secretária, os poderes devem trabalhar juntos.

“A importância da prestação de contas é importante principalmente não só pela Câmara ser um órgão fiscalizador que tem sua premissa, mas também para acompanharem a evolução do trabalho. Fazemos a prestação de contas contábil e assistencial, então aproveitamos o momento para mostrar o atendimento nas unidades, à estrutura que temos, as evoluções que fazemos, e ainda tenho a convicção de que os poderes devem caminhar juntos, então nesse sentido entendo ser muito importante essa ação”. Afirmou Sbampato.

O presidente da Câmara, vereador Cabral (SDD), de forma semelhante aos pensamentos da secretária, destacou o quanto é importante os órgãos públicos trabalharem em consonância.

“A Câmara Municipal sabe que é essencial que a área da saúde do município esteja funcionando perfeitamente para atender a população da melhor forma possível. Nós, vereadores, temos nos dedicado para fazermos um trabalho de referência em todas as questões que envolvem a saúde e ficamos satisfeitos em ver os resultados sendo alcançados. Sendo assim, recebemos com muita satisfação os dados que mostram que os interesses dos cidadãos estão sendo colocados em primeiro lugar”, destacou o presidente.

Cabral ainda expões que a ação foi bem recebida pelos colegas edis. “Diante de tais exposições, os vereadores manifestaram-se satisfeitos com o desempenho da equipe da saúde municipal, o que é de extrema importância, pois, trás transparência no serviço público”.

Outro vereador que viu a situação com bons olhos foi Willian Barcelos (PTB), que destacou, “tentamos aprovar um projeto na Câmara que vislumbrava situações como estas, mas a base do executivo não viu com bons olhos. Agora tivemos a grata exposição da secretária Municipal de Saúde, que de forma transparente mostrou como tem sido feito o trabalho pela pasta, isso nos mostra a seriedade e comprometimento”. Disse Barcelos.

Willian ainda considerou: “precisamos estender essa abertura aos demais secretários, para que prestem contas de sua atuação ao legislativo. E o melhor seria dessa maneira, isto é, espontaneamente.”.   Finalizou o vereador.

Quase R$ 30 milhões em investimentos

De acordo com os dados apresentados pela secretária Municipal de Saúde, entre os meses de  maio e agosto, foram investidos na saúde municipal, cerca de R$ 29,6 milhões, que foram empregados em diversos procedimentos, e setores da pasta.

Os recursos foram empregados desde o atendimento da saúde da família, e agentes de saúde, a procedimentos cirúrgicos e atendimento de urgência e emergência.

Dos recursos investidos, pouco mais de R$ 14,1 milhões são do próprio município, R$11,9 milhões são verbas vindas do Governo Federal e R$ 2,02 milhões vindos do Estado.

Como destaque dos investimentos, os dados repassados apontam que, R$ 5.196.820,20 foi investido na Saúde da Família, com encargos de pessoal, compra de equipamentos, material de consumo e prestação de serviços.

Os dados apresentados também dão conta de que para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), foi destinado R$ 4.178.983,45; R$ 916.722,98 para a Farmácia Municipal; R$ 259.103,28 para a Vigilância Sanitária e R$ 720.314,13 para o combate as endemias.

Ainda na prestação de contas foi destacado que o Hospital São José recebeu nos quatro meses, investimentos na ordem de R$ 8.789.538,96, destes, o relatório destaca que pouco mais de R$ 3 milhões foi contrapartida do município.

Confira os demais recursos destinados para o Hospital São José:

  • Recurso Estadual Urgência e Emergência – R$ 500 mil;
  • Recurso Estadual  Res 7511 e 7461 COVID-19 – R$ 204.544,08;
  • Recursos Federal Leitos de UTI COVID-19 – R$ 3.964.848,00;
  • Recurso Federal Portaria 1437 – R$ 949.000,00;
  • Emendas Impositivas Termo de Colaboração 07/2021 – R$ 438.682,70
Leia mais...
Propaganda

Mais lidas