Conecte-se conosco

Nova Serrana

Covid-19: Nova Serrana inicia agendamento para vacinação da dose de reforço para idosos acima de 70 anos

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

A Prefeitura de Nova Serrana anunciou que iniciará a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 para idosos acima de 70 anos, imunossuprimidos e profissionais da saúde.


Por meio da Secretaria de Municipal de Saúde e seguindo a determinação do Plano Nacional de Imunização, já foi iniciado a aplicação da dose de reforço contra a Covid-19. A vacinação ocorrerá de forma escalonada, conforme o seguinte cronograma:

Idosos acima de 80 anos

A vacinação será realizada no domicílio. Orientamos ligar na unidade de referência para verificar a agendamento.

Idosos de 70 a 79 anos

a vacinação ocorrerá nos postos de vacinação covid, através de agendamento no site da prefeitura, de acordo com a distribuição de doses da vacina, feita pelo Ministério da Saúde.

•    Apresentar documento de identificação com foto e CPF;
•    Apresentar o cartão de vacinação da covid;
•    Apresentar comprovante de endereço;
•    Ter tomado a segunda dose da vacina contra a covid-19 há, no mínimo, 6 meses;
•    Não ter tido Covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias

Ainda de acordo com a administração  “é extremamente importante que todos fiquem atentos ao prazo de 6 meses solicitado pelo Programa Nacional de Imunização. Mesmo que esteja na idade para receber a 3ª dose, mas não tenha os seis meses de intervalo completo, não poderemos imunizar”.

Profissionais da saúde

Para os profissionais da saúde a vacinação ocorrerá através de agendamento no site da prefeitura de acordo com a distribuição de doses da vacina, feita pelo Ministério da Saúde.
A administração de 1 (uma) dose de reforço da vacina para todos os trabalhadores da saúde deverá ser administrada 6 meses após a última dose do esquema vacinal primário (segunda dose ou dose única), independentemente do imunizante aplicado.
Conforme destacado pela administração “consideram-se trabalhadores da saúde indicados para receber a dose de reforço os indivíduos que atuem em estabelecimentos de serviços de saúde: hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, laboratórios, farmácias, drogarias e outros locais. Estão incluídos os estudantes de graduação e pós-graduação das profissões de saúde, no que couber, desde que estejam em atividade de exposição ao Coronavírus em razão de estágios curriculares e outras modalidades de prática acadêmica”.

Para realizar a aplicação da dose de reforço deve ser apresentados os seguintes documentos:

•    Apresentar documento de identificação com foto e CPF;
•    Apresentar o cartão de vacinação da covid;
•    Apresentar comprovante de endereço;
•    Apresentar documento que comprove a atividade
•    Ter tomado a segunda dose da vacina contra a covid-19 há, no mínimo, 6 meses antes da terceira;
•    Não ter tido Covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias

Pessoas imunossuprimidas

Para os imunossuprimidos, segundo a Prefeitura, a vacinação ocorrerá através de agendamento no site da prefeitura, de acordo com a distribuição de doses da vacina feita pelo Ministério da Saúde.

“As pessoas imunossuprimidas que completaram 28 dias ou mais da segunda dose poderão receber a dose de reforço.  São considerados para a vacinação pessoas com imunodeficiência primária grave, que fazem quimioterapia para câncer, transplantados em uso de drogas imunossupressoras, pessoas vivendo com HIV/Aids, em uso de corticoide em doses >20mg de prednisona ou equivalente por  14 dias ou mais, em uso de drogas modificadoras de resposta imune, pacientes em hemodiálise, pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias)”.

Nesse caso os documentos que devem ser apresentados são:

•    Apresentar documento de identificação com foto e CPF;
•    Apresentar o cartão de vacinação da covid;
•    Apresentar comprovante de endereço;
•    Apresentar laudo médico e/ou receita médica (este documento ficará retido)
•    Ter tomado a segunda dose da vacina contra a covid-19 há, no mínimo, 28 dias antes da terceira;
•    Não ter tido covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias

Por fim a Prefeitura ainda destacou que “a aplicação da dose de reforço segue a recomendação do Ministério da Saúde. A dose adicional deverá ser preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro (Pfizer) ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral (Janssen ou Astrazeneca)”.

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas