Conecte-se conosco

Governo Federal

Projeto que visa ampliar divulgação de informações sobre crianças desaparecidas pode ser aprovado este ano no senado

Avatar

Publicados

em

Pode ser votado neste ano, pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), um projeto que visa ampliar a divulgação de informações sobre crianças e adolescentes desaparecidos. O PL 2.099/2019 em seu texto torna obrigatória a inclusão das informações sobre o desaparecimento no Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos e no Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas.

Após ser votada caso a proposta seja aprovado pela comissão, o projeto que altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA – Lei 8.069/90) seguirá para a análise do Plenário.

Conforme apontado pelo senado atualmente, o estatuto já determina a notificação do desaparecimento a portos, aeroportos, Polícia Rodoviária e companhias de transporte interestaduais e internacionais. Contudo com a mudança, o desaparecimento deverá ser notificado e incluído também nos dois cadastros.

Em seu texto original, a proposta que foi feita pela ex-deputada Laura Carneiro, obriga a notificação apenas para inclusão no cadastro de crianças e adolescentes desaparecidos.

Na Comissão de Direitos Humanos (CDH), foi aprovado o relatório da senadora Zenaide Maia (Pros-RN), que propôs a substituição desse  cadastro pelo de pessoas desaparecidas, criado em 2019, depois da aprovação do texto pela Câmara.

O relator na CCJ, senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), por sua vez alterou novamente o texto, para que a notificação seja feita aos dois cadastros.

Segundo o senador, o Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas ainda está em implementação, e, por isso, o Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos não foi extinto.

O senador ainda afirmou que os dois cadastros podem atuar em cooperação mútua, com retroalimentação. A recomendação é pela aprovação do texto com essa alteração.

“Quanto ao mérito, o projeto é valioso, pois busca soluções para o enfrentamento do grave problema do desaparecimento de crianças e adolescentes, que tantos desgostos causam ao nosso povo”, afirmou o senador.

Mais lidas