Conecte-se conosco

Emprego

Nova Serrana tem saldo positivo na geração de emprego no primeiro semestre 2021

Publicados

em

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, divulgados nesta semana, apontam saldo positivo na geração de empregos no primeiro semestre de 2021 nas principais cidades do Centro-Oeste de Minas, analisadas pelo G1.


Depois de Divinópolis com 12.681 contratações, Nova Serrana ocupa o segundo lugar no ranking das cidades com mais contratações no período e somou a marca de 7.797 admissões. Confira o saldo de empregos mês a mês e do 1º semestre de cada cidade.

Confira a análise por município

Divinópolis

No período dos seis primeiros meses do ano Divinópolis admitiu 12.681 trabalhadores formais e registrou 11.245 demissões. O saldo foi de 1.436 empregos a mais no município em diversos setores. Em junho o resultado também foi positivo com saldo de 367 novos trabalhadores formais.

O único mês do ano com saldo negativo foi abril, quando 212 postos de trabalho – com carteira assinada – foram fechados, mas o município voltou a registrar saldo positivo nas contratações em maio, quando foram admitidos 2.022 trabalhadores contra 1.686 demissões. O saldo foi de 336 empregos.

Em janeiro, foram 2.001 admissões e 1.875 demissões. Fevereiro foi melhor mês na criação de novos postos de trabalho: saldo positivo de 593 empregos, referente a 2.516 contratações e 1.923 demissões.

Março também fechou positivo. Os dados mostram um saldo de 225 empregos, com 2.181 contratações e 1.956 demissões. O saldo total do primeiro trimestre foi de 944 empregos gerados: média de 314 empregos gerados de janeiro a março.

Confira os dados do 1º semestre em Divinópolis:

Divinópolis alcançou a importante marca de 12.681 contratações nos seis primeiros meses do ano. Em contrapartida 11.245 trabalhadores foram dispensados, mas o saldo foi positivo de 1.436. Bem diferente do primeiro semestre do ano passado quando o saldo foi negativo de -2.463 empregos. O setor que mais contratou este ano foi o de serviços. Veja os números:

Saldo de Empregos 1º semestre

Setor Admissões Demissões Saldo
Agropecuária 68 103 -35
Comércio 3.732 3.409 323
Construção 1.161 836 325
Indústria 3.000 2.596 404
Serviços 4.720 4.301 419

Bom Despacho

Bom Despacho novamente teve saldo positivo com 130 novos empregos gerados em junho. Foram 471 contratações e 341 demissões. O destaque do mês foi o comércio, com 152 admissões e 112 demissões.

Em maio foram 52 empregos formais abertos, o que é resultado de 442 contratações contra 390 demissões.

No mês de abril o saldo positivo foi de 36 novos postos de trabalho abertos: foram 439 admissões contra 403 demissões.

Apenas o mês de janeiro fechou com saldo negativo em oito, após 492 admissões e 500 desligamentos, fevereiro foi mês de maior saldo: 349 novas vagas ocupadas. A admissão deste período foi de 790 trabalhadores, contra 441 desligamentos.

Já em março, a cidade teve saldo positivo de 156 novos postos de trabalho abertos: foram 572 admissões contra 422 desligamentos. Os números de fevereiro e março fizeram com que o primeiro trimestre tivesse o total de 491 empregos criados em Bom Despacho, média de 163 empregos gerados por mês.

Confira os dados do 1º semestre em Bom Despacho:

Bom Despacho encerrou o semestre com 3.225 contratações e 2.575 demissões. O setor que mais contratou no período foi o comércio. Veja os números:

Saldo de Empregos 1º semestre

Setor Admissões Desligamentos Saldo
Construção 256 223 33
Agropecuária 204 164 40
Serviços 880 756 124
Comércio 997 776 221
Indústria 888 656 232

Mais lidas