Conecte-se conosco

Emprego

Home office diminui no Brasil e se concentra em profissionais formados

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

O home office virou uma tendência durante a pandemia. Na tentativa de contribuir para reduzir os casos de covid-19 e também para atender às exigências de Estados e municípios, muitas empresas adotaram o trabalho remoto. A tendência verificada no ano passado, no entanto, está em queda no País, conforme revela pesquisa realizada pelo Datafolha e publicada pela Folha de S.Paulo.


De acordo com o levantamento, o número de trabalhadores em home office caiu 20 pontos percentuais em relação a 2020, quando 44% dos entrevistados estavam em regime de trabalho remoto.

Além disso, o estudo mostra que nem todos setores aderiram a essa tendência. Conforme a pesquisa, dos 24% de entrevistados que estão em home office, 48% possuem formação no ensino superior e 49% ganham mais de dez salários mínimos.

Em relação às pessoas que não estão em home office, que neste ano representam 76% dos entrevistados, 96% têm formação até o ensino fundamental e 90% ganham até dois salários mínimos (ou R$ 2.200, em valores de 2021).

Dentre esse grupo, 54% relatam piora da situação financeira ao longo da pandemia, percepção que cai para 22% entre os que ganham mais que 10 salários mínimos.

 

Fonte: IstoÉ Dinheiro

Foto: Arquivo

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas