Conecte-se conosco

Editorial

“Porque votar em…”

Israel Silveira

Publicados

em

Em Nova Serrana estamos finalmente em campanha eleitoral. Finalmente porque este foi o último final de semana antes das eleições e pelo visto as coisas esquentaram. Carreatas tornaram o problemático trânsito de Nova Serrana ainda mais indigesto e os carros de som literalmente tiraram o sossego da população.

Feito o primeiro parágrafo em forma de protesto, vamos então entrar no tema deste editorial. Uma vez que as campanhas estão plenamente nas ruas, e estando cada dia mais próximo do pleito eleitoral, o que mais se ouve nas esquinas é a pergunta: Em quem você vai votar?

No último fim de semana, em um botequim com meu amigo Osvaldo, nos vimos frente a essa questão, e sendo assim, mesmo não revelando nossa opção, vamos fazer aqui uma reflexão e ponderações para que você leitor e eleitor possa tomar a sua decisão. Sendo assim então apontamos “porque votar em…”

 

EUZEBIO LAGO (MDB), o candidato da situação. O prefeito migrante que enfrentou nas últimas eleições o coronelismo de Paulo e Joel, e agora se coloca como uma forte vertente política que se reeleito, irá de vez colocar uma pedra sobre seus adversários.

Euzebio fez uma gestão salutar em alguns setores municipais. Educação, saúde e segurança pública, foram os setores mais atendidos pela administração e com isso, carregou a melhoria na prestação de serviços ofertados nos três segmentos como o grande trunfo de sua campanha.

O atual prefeito é alguém que tem um discurso afiado, o poder da oratória e o moralismo envolto de seu discurso, sempre atuando em paralelo com o cunho religioso é uma das principais formas de abordar o eleitor. Mas não é a única, Euzebio também traz consigo a bandeira de ser um gestor que atuou na administração em meio a uma das maiores crises já vivenciado em Minas e ainda assim teve um governo resolutivo.

Euzebio apresenta em seu plano uma série de propostas de continuidade ao bom trabalho que foi realizado principalmente nas três secretarias citadas, e se em time que está ganhando não se mexe, se você eleitor entende que nessas áreas a gestão foi satisfatória, por esses motivos Euzebio Lago merece seu voto.

 

HELENO DE FREITAS (PDT), um candidato absolutamente cândido quanto a questões políticas. Heleno é um nome que não apresenta qualquer tipo de ranhura na vida política, até porque esta é a primeira eleição disputada por ele.

Com o nome colocado por meio da união dos grupos políticos mais tradicionais de Nova Serrana, que por décadas foram considerados rivais, Heleno de Freitas terá um amplo acesso e apoio político das vertentes e relações tanto de Joel Martins, quanto de Paulo Cesar de Freitas (seu irmão), isso trará para Nova Serrana a influencia que foi criticada recentemente, e ainda a experiência de ter o apoio das duas frentes políticas.

Heleno é um empresário, pessoa que não coleciona indisposições e que tem uma boa relação com todos que se aproximam de sua campanha e de suas ideias. Por falar em ideias, seu plano de ações e propostas foi construído com participação do grupo político, principalmente seu vice, Welder Gontijo.

As propostas, no entanto, são sólidas, até onde tivemos conhecimento não existem ações miraculosas e faraônicas, e segundo informado por lideres que se reuniu com o candidato, ele tem o pé no chão e não faz promessas desesperadas em troca de votos.

Cabe ainda pontuar que Heleno aceitou o desafio de ser o candidato em plena convenção. Assumiu a responsabilidade com a saída de Fábio Avelar e vem fazendo uma campanha de crescimento. Sendo assim, por esses motivos ele merecer o seu voto.

 

LAZARO CAMILO (PSL), apresentador, empresário, e desde o pleito de 2018, político. Lazaro Camilo é um nome que deve ser respeitado, não pela fama, mas por ter coragem e mente aberta para implementar projetos e propostas arrojadas.

Se o candidato da situação atuou na educação e segurança, Lazaro afirma que vai atuar nas duas frentes e inclusive apresenta projetos que contemplam os dois setores. Exemplo disso é a proposta de implantação do Colégio Militar em Nova Serrana, o que segundo o candidato será implementado de imediato.

Lazaro traz consigo a pujança de quem circula no meio político e conhece de perto projetos apresentados por várias administrações municipais. Apesar de não ter tanta experiência em pleitos eleitorais, já foi secretário de comunicação e por meio de seu programa de TV e empresa, transita entre os políticos e administrações públicas.

O candidato ainda traz um fator que impressiona. Como comunicador traz um discurso e oratória impecável, o que chama a atenção de quem ouve e acompanha a política municipal. A exemplo do candidato da situação, relacionando o discurso aos projetos e ações propostas pelo candidato se percebe que o nome tem sim sua representatividade, propostas e merece sim ser visto com toda a atenção possível, diante da reformulação política do município, e por esses motivos Lazaro Camilo merece o seu voto.

 

PEFINHO (PT), por último, mas não menos importante, temos o que talvez seja um dos candidatos de maior engajamento em causas políticas na região. Pefinho atua como militante na política desde que me entendo por gente em Nova Serrana, prova disso é o apoio e amizade direta com o deputado federal Reginaldo Lopes, que inclusive esteve na capital do calçado no início da campanha.

Pefinho tem experiência e uma visão focada para a área social. O candidato carrega consigo o estigma da legenda Petista, mas suas ideias apesar de liberais, atuam diretamente quanto ao desenvolvimento de nossa cidade, principalmente no tocando ao social e qualidade de vida e isso não deve ser refutado.

Sem ser prefeito ou vereador, o candidato alega em suas entrevistas que como militante trouxe recursos para a cidade. É uma pessoa completamente aberta ao diálogo e discussão e ideias, e isso, de uma forma muito mais receptiva do que qualquer outro no meio que se dispôs a cadeira de prefeito.

É certo que ele já disputou eleições municipais, e não apresenta a mesma vaidade de muitos estadistas que carregam o desejo de administrarem para afagar o seu ego. Aliando isso as propostas sociais e vontade de trabalhar nos faz entender que por esses motivos ele merece o seu voto.

Finalizando esse editorial um pouco mais longo que o de costume, temos que ressaltar alguns coisas. Primeiramente, a exposição dos candidatos foi feita seguindo a ordem alfabética. Segundo, não entendemos que o mundo político de nossa cidade é construído sobre contos de fadas, mas também sabemos que nesse momento a construção é mais importante que a crítica desacerbada.

Deixamos em suas mãos eleitor e leitor deste Popular o crivo sobre o merecimento de seu voto. No próximo domingo aquele que melhor mereceu o crédito da população será eleito. A partir dai as coisas mudam e sim, o eleito será efetivamente criticado, cobrado e elogiado, assim como de costume, de forma isenta, é feito por este Popular.

Jornalista - 11407 MTb - Editor chefe do Jornal O Popular

Mais lidas