Conecte-se conosco

Editorial

Notícias ruins voam!

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Nova Serrana é uma cidade que tem muito a oferecer, para começar e como já é de conhecimento de muitos, somos uma cidade completamente empreendedora e claro, trabalhadora.

Somos uma cidade com perspectiva financeira muito além de nossas vizinhas, uma cidade que vem superando para não dizer atropelando as crises pelas quais nosso país vive.

Superamos crises políticas, crise econômica, crise moral e seguimos fortes como a principal geradora de emprego da região, umas das cidades mais industriais do estado e claro com uma projeção de crescimento que ultrapassa todas as expectativas.

Nós ultrapassamos todas as cidades do estado quando se fala em crescimento recorde e o trabalho de nossos empresários e populares nos coloca em evidência por sermos únicos em nível nacional.

Ainda assim, carregamos conosco o complexo da inferioridade e sempre avaliamos os vizinhos como melhores do que nós depreciamos nossa imagem e não damos o devido respeito para aquilo que nasce, cresce e se desenvolve nessa terra.

Nós deste Popular como nossos colegas da imprensa, por exemplo, não recebemos o respectivo valor de empresários e populares da cidade, e basta ver como certos órgãos públicos se posicionam excitados quando se tem a imprensa de cidade vizinha presente.

Comumente as informações que para nós são negadas de forma inexplicável são noticiadas pelos demais veículos da capital ou até de Divinópolis, cidade que segue tão minada quanto seus buracos e decadência de sua infraestrutura pública, e ainda assim, insistimos em valorizá-la além de nossas riquezas.

Temos ainda o hábito de supervalorizar o que é ruim, e aqui chegamos ao ponto central de nosso editorial, afinal, é impressionante o quanto o cidadão de Nova Serrana gosta de valorizar e reproduzir aquilo que não engrandece e que deprecia a imagem da cidade.

Basta olhar para os noticiários de nível nacional, basta olhar para as informações encontradas no google quando se digita o nome de Nova Serrana, o que se verá são em sua maioria informações que depreciam a cidade.

Nesta semana o ápice da grandiosidade de nossa cidade é o vídeo sobre um assalto cometido na cidade, onde uma das vítimas mal percebeu que o crime estava acontecendo.

Dai para balbuciar e vomitar para todo o país que somos uma cidade das mais violentas do Brasil é um pulo e com isso caro leitor, todo o trabalho que vem sendo feito na cidade, de promoção da segurança, de mudança de valores, ainda que não seja tão grandioso como esperamos é jogado pelo ralo.

A partir dessas informações de negatividade sobre nossa imagem, caro leitor, empresários deixam de vir até nossa cidade para comprar o sapato que produzimos, porque aqui é um lugar violento e perigoso.

A partir dessas notícias que depreciam nossa cidade, passamos a ter investimentos negados, pois empresários procuram locais mais seguros para instalarem suas empresas, suas filiais, para criarem seus filhos e nós, assim permanecemos limitados ao desenvolvimento industrial focado apenas na produção de calçados por parte daqueles que nascem e crescem de forma limitada por aqui.

Precisamos aprender e conseguir noticiar, fazer viralizar informações que engradeçam a nossa cidade. Precisamos tratar com mais zelo e cuidado aquela que nos alimenta, que nos dá abrigo, que nos faz sermos quem somos.

Faz parte da curiosidade o valor pelo trágico, afinal, tragédias comovem, espantam, tornam interessantes questões e pessoas que são normalmente ignoradas. Contudo precisamos criar o habito de fazer nossas qualidades serem ressaltadas.

Tivemos a informação de que envolvidos no assalto foram convidados até para participarem de programas em rede nacional, bem, se eles por acaso, lerem esse editorial, fazemos o pedido de que além de reproduzir e comentar o infeliz fato, que usem, mesmo  que seja por alguns segundos, o tempo de TV e mídia nacional para ressaltarem que aqui o povo é trabalhador e não bandido.

Esperamos que eles falem por alguns segundos que apesar da criminalidade, que sejamos justos já foi muito pior, nossa cidade deve ser conhecida pela produção de calçado, por ser a que mais cresce em Minas, por ser uma cidade que abraça a tudo e a todos sem distinção de etnia, credo, sexualidade ou status financeiro.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas