Conecte-se conosco

Colunistas

Lacerda desiste; ele sabe que uma candidatura sub judice seria um risco!

Luciano Augusto

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Pois bem, quem acompanha esse espaço no jornal O Popular seja pela internet ou pelo impresso, soube dos meus comentários acerca do imbróglio jurídico que envolvia a campanha do ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda.

No último texto salientei “Juridicamente acredito ser muito difícil à reversão de Lacerda na Justiça Eleitoral” Após, a manifestação da Procuradoria Eleitoral de Minas Gerais, opinando pelo indeferimento de uma liminar da campanha de Márcio, que teria como objeto a validação de sua convenção, Lacerda fez o mais sensato no momento preferiu renunciar a sua candidatura.

Lacerda sabia que a opinião da procuradoria não é a decisão final, contudo, é um peso fundamental nas decisões da corte TRE, caso ele perdesse no TRE, ele poderia impetrar recursos no TSE – Tribunal Superior Eleitoral, enfim, certamente ele conseguiria concorrer sub judice.

Porém, o risco que envolve uma candidatura sub judice é enorme, primeiro que ele, Lacerda, não possuía o apoio do diretório nacional do partido, que foi o seu algoz, ou seja, o dinheiro para a campanha não viria, ele teria que usar recursos próprios, dinheiro parece que não era o problema afinal, Márcio foi um empresário muito bem sucedido na iniciativa privada.

Outra questão, e essa sim pesou muito, foi que anulação da convenção, que homologou Lacerda poderia acarretar graves consequências aos candidatos do seu partido no pleito proporcional, entendo que a anulação da convenção poderia anular todos os seus atos, ou seja, todas essas possíveis consequenciais foram muito bem estudadas pela defesa do candidato, que achou por bem desistir.

Com a decisão da renúncia de Lacerda seu vice Adalclever Lopes do MDB, passa a ser o candidato majoritário da coligação. Lacerda, já disse que aparecerá no programa de Adalclver e pedirá votos para ele. Adalclever atual presidente da assembleia sempre foi um aliado de Pimentel, apenas agora no último ano esboçou certa oposição.

Agora sim temos um quadro definido que será objeto da disputa pelo governo de nosso Estado, vamos reviver a disputa PT e PSDB, como sempre digo, esperamos que as propostas possam ser apresentadas dentro de um contexto factível, o eleitor esta farto das promessas mirabolantes.

Para refletir:

Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos.

Antoine de Saint-Exupéry

LUCIANO AUGUSTO O. LOPES é bacharel em Direito pela Sociedade Dom Bosco de educação e cultura - Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - Divinópolis (2012). Advogado inscrito na Seccional OAB Minas Gerais, desde 2015, com ênfase em Direito Público, atuando nas áreas do Direito Eleitoral, Administrativo. Possui diversos cursos voltados para o Marketing Político Eleitoral, tem experiência em campanhas políticas e na gestão de projetos políticos.Há habilidade em comunicação tendo atuado na função de radialista/jornalista

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas