Conecte-se conosco

Colunistas

Cerco de Jericó, um exercício de espiritualidade

Mauro Soares

Publicados

em

Vivemos num tempo de desabalado cotidiano, sempre afoitos com inúmeros afazeres, e não raramente, desnorteados ante os desafios impostos pela “vida moderna”; a competitividade imprime um estilo de vida desafiador, e nos perdemos.

Experienciamos um período em que a ansiedade e até mesmo a depressão, nos acompanham intimamente, pois nossa essência, o ser, tipificado pela afetividade e espiritualidade, é relegada, uma vez que o ter, o material, se impõe, numa clara inversão de valores.

O resultado dessa junção é uma sociedade por vezes, afligida, em busca de respostas para seus males, cultivados pelo estilo de vida imposto por ela própria, um ciclo danoso aos seus entes.

Aqui na nossa querida terra do sapato, temos vivido dias diferenciados, propiciados pelo caríssimo Padre Hélio Cristino, que de forma arrojada, propõe aos munícipes, um momento singular de oração, o Cerco de Jericó, um exercício de espiritualidade profunda, que leva a comunidade à reflexão acerca de suas aflições, e ao revigoramento da fé, como instrumento agudamente eficaz na superação das fraquezas e mazelas.

É apreciável, constatar que aproximadamente três mil pessoas, se predispõem a estarem em oração, em plena segunda-feira, dia não costumeiro de celebração eucarística, e com um entusiasmo contagiante, sem se importarem com o conforto, uma vez que o espaço celebrativo, que é muito amplo, vale ressaltar, faz-se acanhado, perante a grandiosidade do número de fiéis.

Um sem fim de testemunhos, que tiveram suas vidas modificadas, suas relações, amorosas, afetivas, sociais e até mesmo profissionais, substancialmente melhoradas, materializam o intuito desse tempo favorável, concretizam o intento desejado por Padre Hélio, que é a melhoria das relações, começando pela resolução dos conflitos internos, que trazemos no nosso íntimo, passando pelo enfrentamento das dificuldades de nos relacionarmos com o próximo; quebramos as muralhas e barreiras, que nos impedem de efetivamente vivermos plenificados da Graça.

Somos uma cidade desconforme, se considerarmos seu elevado crescimento, e o ritmo acelerado de suas gentes, reféns dos “tempos atuais” onde tudo é urgente, elementos que tornam o fomento à espiritualidade, por meio do Cerco de Jericó, um marco, um divisor de águas, para tantos, cuja esperança, já estava por ruir.

Os que vivenciam essa dádiva hão de concordar e até mesmo, pensar que tais ponderações são modestas, e as benesses desse tempo, justificam todas as manifestações extasiadas; os que ainda não saborearam, venham, há sempre um lugar, à sua espera.

Aqui expresso, como um apaixonado por essa terra, meu apreço ao nosso pároco, Padre Hélio Cristino, pelo esmero para com nossa  gente, e o extremo amor à igreja, povo de Deus.

Em meio à correria tão característica da capital Nacional do Calçado Esportivo, o Cerco de Jericó é o momento propício para o regozijo dessa gente serranense.

Forte abraço, abençoada semana, fiquem com DEUS

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br"
A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

MAURO SOARES CORRÊA é casado, pai de duas filhas, bacharelado em ciências contábeis, micro-empresário calçadista, radialista e presidente da Associação São Sebastião de rádio e comunicação.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas