Conecte-se conosco

Administração

Grupo Notre Dame compra controle do Grupo Santa Mônica por R$ 233 milhões

Avatar

Publicados

em

Negociação já foi finalizada entre as partes com a assinatura da intenção de compra, agora é aguardado a autorização da ANS para conclusão do negócio

O Grupo Santa Mônica Saúde, que tem uma unidade em plena construção em Nova Serrana foi negociado e adquirido pelo valor de R$ 233 milhões pelo Grupo Notre Dame Intermédica. A negociação foi finalizada com uma intenção de venda que agora aguada a autorização da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para ter o negócio concluído.

Segundo informado em nota, pela diretoria do Grupo Santa Mônica, atualmente o Grupo Notre Dame Intermédica é a maior empresa de Saúde do País, com 6,2 milhões de beneficiários.

“É uma Operadora de Saúde que oferece soluções em saúde e odontologia integrais para clientes individuais e empresariais. Ao longo dos anos, vem se destacando pela rápida e constante evolução na área da Saúde por meio de sua estratégia de verticalização, resultante em fusões e aquisições contínuas que sustentam a melhoria da qualidade assistencial em saúde oferecida a custos mais acessíveis”. Considerou o Grupo Santa Mônica.

A diretoria do Grupo Santa Mônica, ainda na nota encaminhada ao jornal O Popular, garantiu que “com a assinatura da intenção de venda, as empresas do Grupo Santa Mônica Saúde continuam com suas operações de forma inalterada, certos de que a concretização da transação proporcionará saúde de qualidade acessível a gerações de brasileiros”.

Negociação

Com a conclusão da transação, o Grupo Notre Dame passará a deter, de forma indireta, o controle do Grupo Santa Mônica, com 89,9% das quotas da SMV Serviços Médicos Ltda.; 92,0% das quotas do Hospital e Maternidade Santa Mônica S.A.; 75,2% das quotas da Incord – Instituto de Neurologia e do Coração de Divinópolis Ltda.; e 86,1% das quotas do Bioimagem Santa Mônica Ltda.

Segundo informado pelo Notre Dame, o Santa Mônica possui atualmente uma carteira com cerca de 41 mil beneficiários na região (88% corporativo), com duas unidades hospitalares nos municípios de Divinópolis (119 leitos) e Nova Serrana (146 leitos, em processo de início das atividades), totalizando 265 leitos (sendo 65 de UTI).

Conforme apontou o Grupo Notre Dame, “em 2019, o Grupo Santa Mônica apresentou um faturamento líquido consolidado de R$ 89 milhões, com sinistralidade caixa de 74% e EBITDA R$ 14 milhões (margem de 15,9%). O preço de aquisição (“Enterprise Value”) foi de R$ 233 milhões, incluindo os imóveis dos dois hospitais, que possuem mais de 28 mil metros quadrados de área construída.

Foi ainda exposto pelo Notre Dame que “o preço de aquisição será pago da seguinte maneira: R$ 100 milhões à vista, em dinheiro, na data de fechamento da Transação e R$ 133 milhões em 6 parcelas iguais e anuais, descontado o endividamento líquido a ser apurado na data de fechamento e abatidas eventuais contingências. O plano de integração ainda prevê relevantes sinergias operacionais e a criação de um nova regional da Companhia no Estado de Minas Gerais”.

Foi ainda considerado pelo Notre Dame que “apesar do cenário desafiador gerado pela Pandemia do COVID-19, o Grupo Santa Mônica tem apresentado em 2020 crescimento de receita (tanto em sua operação de saúde suplementar quanto na venda de serviços médico-hospitalares) e de rentabilidade, em comparação com o mesmo período em 2019”.

Confira a NOTA OFICIAL do Grupo Santa Mônica na integra –  CLIQUE AQUI 

Foto: Imagem Ilustrativa Web –  Editada

 

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

Mais lidas