Conecte-se conosco

Governo Estadual

Governo de Minas inicia vacinação de profissionais dos hospitais João XXIII e João Paulo II, em Belo Horizonte

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Quase 3 mil servidores da Saúde que atuam nos hospitais João XXIII e João Paulo II, em Belo Horizonte, começaram a receber nesta quarta-feira, 20 de janeiro, as doses da vacina contra a covid-19. Ao todo, serão 2.000 servidores vacinados no João XXIII e 850 no Hospital Infantil João Paulo II.


Governo de Minas também iniciou na terça-feira (19) a vacinação de cerca de 2.300 servidores dos hospitais Eduardo de Menezes (HEM) e Júlia Kubitschek (HJK), os primeiras da Rede Fhemig a receberem os imunizantes.

A expectativa é a de que os profissionais que atuam na linha de frente no enfrentamento ao coronavírus no Estado sejam imunizados nos próximos dias.

Para o presidente da Rede Fhemig, o médico Fábio Baccheretti, a vacinação é uma grande conquista e muito esperada pelos profissionais da Saúde em Minas.

“Após quase um ano de dedicação intensa ao combate à covid-19, a vacina traz grande esperança a todos os servidores, que se encontram exaustos física e mentalmente com os desafios impostos nesse ano tão peculiar.  Momento muito aguardado e que nos impulsiona para continuarmos prestando essa assistência de qualidade e tão importante para a população”, afirmou.

Interior

No interior do estado, a vacinação dos servidores da Saúde também foi iniciada nesta quarta-feira (20). Cerca de 450 profissionais do Hospital Regional Antônio Dias, também da Fhemig, em Patos de Minas, já começaram a receber o imunizante.

Para receber a vacina, o servidor não precisa obrigatoriamente apresentar o cartão de vacinação, mas deve ter em mãos documentação com foto e CPF.

Como o plano de vacinação é determinado por cada município, seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, as demais unidades da Fhemig receberão as vacinas de acordo com cronograma de imunização do município em que estão localizadas.

Fonte: Agência Minas

 

Mais lidas