Conecte-se conosco

Governo Estadual

Governo de Minas amplia medidas restritivas a municípios

Avatar

Publicados

em

Para conter o avanço do contágio pelo novo coronavírus no estado, o Governo de Minas amplia as medidas restritivas para todos os municípios mineiros. Foi publicado pelo Comitê Extraordinário Covid-19 a atualização da Deliberação nº 17, de 22 de março, com novas recomendações, que vão desde limitações em espaços internos para consumidores (ocupação máxima de uma pessoa  por dez metros quadrados) até o afastamento de trabalhadores com sintomas de doença respiratórias, ainda que leves.

Segundo o secretário adjunto da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Marcelo Cabral Tavares, as alterações feitas são uma forma de conter o contágio do vírus. Com isso, menos pessoas serão infectadas e irão precisar dos serviços de Saúde. Assim, os pacientes da covid-19 poderão contar com um atendimento mais efetivo, principalmente, para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Outra mudança é que estabelecimentos comerciais e industriais, com prestação de serviços ou a venda de produtos, deverão impedir a aglomeração de pessoas no recinto ou em filas de espera. Deverão ser observados distanciamento mínimo de dois metros entre os consumidores e a ocupação máxima do espaço interno à razão de uma pessoa por dez metros quadrados.

A nova deliberação recomenda, ainda, o regime de trabalho remoto para as atividades administrativas, ressalvada a necessidade de manutenção de escala mínima, quando imprescindível.

Ocupação de leitos no Centro-Oeste

A preocupação com os leitos ocupados de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Centro-Oeste é uma realidade, uma vez que conforme informado neste Popular, na última semana, cerca de 90% dos leitos de UTI em Minas Gerais estavam ocupados.

Diante disso a Comissão Parlamentar de Enfrentamento ao Coronavírus da Câmara de Nova Serrana, presidida pelo vereador Professor Willian Barcelos (PTB), segue monitorando a taxa de ocupação dos leitos de UTI na região.

Segundo informado, o município de Divinópolis, sede regional de saúde, possui 143 leitos de UTI, sendo 65 destinados ao SUS e outros 65 privados. De um total de  143 leitos, 94 estão direcionados para atendimento a pacientes suspeitos de COVID19.

Conforme informado em boletim no último domingo, dia 28 de junho, considerando todas as morbidades, havia 36 pacientes nos leitos UTI/SUS (55,4% de ocupação) e 33 pacientes (42,3% de ocupação) nos leitos suplementares. O que corresponde à utilização total de 69 leitos (48,2% de ocupação).

Por fim cabe ressaltar que os dados repassados pela Comissão Parlamentar de Enfrentamento ao Coronavírus da Câmara de Nova Serrana foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (SAMUSA).

 

Fonte: Com informações Governo de Minas

 

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

 

Mais lidas