Conecte-se conosco

Governo Municipal

Divinópolis registra novo óbito da Covid-19

Avatar

Publicados

em

A Prefeitura de Divinópolis, por meio de Boletim Epidemiológico, divulgado na última segunda-feira, 16 de novembro, confirmou mais uma morte por Covid-19 no município.

Conforme o boletim emitido pela Secretaria Municipal De Saúde (Semusa), com um novo óbito contabilizado, a cidade passa a totaliza 74 mortes por coronavírus.

O boletim também apontou que foram contabilizados na segunda-feira, 16.514 notificações, 2.117 casos confirmados, 776 casos descartados, 1.876 recuperados e

De acordo com o Informe, os casos notificados da doença por faixa etária são: com menores de um ano, 84 casos,de 1 a 4 anos com 338 notificados, 5 a 9 anos com 270 notificados, 918 notificados de 10 a 19, a faixa etária mais atingida de 20 a 39 anos com 8192 notificados, de 40 a 59 anos constam 4986 casos e a população com 60 anos ou mais está com 1726 notificados.

LEIA MAIS SOBRE DIVINÓPOLIS AQUI NO JORNAL O POPULAR

A taxa de isolamento social está em 33% na cidade. A taxa de letalidade está em 3,50% e o ritmo de contágio em 1,09 por quantidade de pessoas que cada contaminador pode infectar.Já nos 2.117 casos confirmados do vírus pelo boletim temos: 1.175 mulheres e 942 homens.

O óbito

O óbito corresponde a uma paciente do sexo feminino, de 76 anos, portadora de doença cardiovascular crônica, diabetes e hipertensão. Ela foi admitida no Hospital São João de Deus em 28/10/2020 e teve alta hospitalar em 04/11/2020. Já em 12/11/2020 deu entrada na sala vermelha do São João de Deus e evoluiu para óbito. A amostra para o exame RT-PCR foi coletada em 28/10/2020 com resultado detectável. A paciente veio a óbito na última quinta-feira (12/11).

Dados Hospitalares

Os dados hospitalares evidenciam a ocorrência de 28 pacientes com quadro clínico compatível à Covid-19 estão internados no setor de CTI e 36 no setor de enfermaria.Em ambulatório temos 5.685 pacientes. O município apresenta 64 leitos ocupados, totalizando um percentual de 30,6%.

Mais lidas