Conecte-se conosco

Defesa civil

Chuva em BH: janeiro de 2020 é o mês mais chuvoso da história da cidade

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Restando ainda dois dias para o término do mês, Belo Horizonte quebrou um novo recorde de acumulado de precipitação: este janeiro é o mês mais chuvoso de toda a história da cidade desde o início das medições climatológicas, há 110 anos.


Segundo estatística do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nunca houve janeiro tão chuvoso ou qualquer outro mês (entre os 11 restantes do ano) tão chuvoso quanto este primeiro de 2020.

O acumulado mensal chegou a 932,3 mm após o temporal da noite dessa terça-feira (28). O número pode ainda crescer nas próximas horas: há previsão de fortes pancadas de chuva, tanto para BH quanto para região metropolitana, nas próximas horas desta quarta-feira (29).

Até este janeiro, o recorde de mês mais chuvoso da história havia sido registrado em janeiro de 1985, quando o acumulado atingiu a impressionante marca de 850,3 mm.

O número foi ultrapassado rapidamente na última noite: em apenas três horas e dez minutos, entre 19h e 22h10, choveu 117,4 mm em Belo Horizonte. Aliás, a média histórica de janeiro também foi batida há bastante tempo. Já choveu 183% acima do esperado para todo o mês.

Recorde de dia mais chuvoso não foi quebrado

Apesar de o índice pluviométrico ser assustador pelas poucas horas de chuva na noite de terça-feira (28), não houve quebra de recorde nesse sentido. As 24 horas mais chuvosas de Belo Horizonte aconteceram ainda na semana passada, entre a manhã de quinta-feira (23) e a manhã de sexta-feira (24), quando choveu 171,8 mm. O segundo período mais chuvoso foi registrado ainda em 14 de fevereiro de 1978, quando choveu 164,2 mm em apenas 24 horas.

O temporal dessa terça-feira (28) à noite ocupa, agora, a terceira posição de período de 24 horas mais chuvoso da história da cidade. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu cerca de 117 mm em apenas três horas e dez minutos.

Fonte: O Tempo/ por  Lara Alves

Foto: Alexandre Mota / O Tempo

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas