Conecte-se conosco

Economia

Caged aponta melhoria da indústria de Nova Serrana e o melhor mês de abril dos últimos 4 anos

Publicados

em

Apesar dos baixos números de contratações registrados nos meses de fevereiro e março, Nova Serrana segue sendo a maior geradora de empregos na Região Centro-Oeste Mineira. Mesmo após vivenciar dois meses com saldo de contratação abaixo do esperado, o município de Nova Serrana registra o saldo positivo de 142 novos postos de emprego criados.

Segundo o Cadastro Geral do Empregado e Desempregado (Caged) o município totalizou 1.750 contratações no mês de abril, e realizou 1.608 desligamentos, encerrando o mês de forma positiva.

O saldo do mês de abril, não foi, no entanto, o maior da região, Divinópolis contabilizou 159 novos postos de emprego, e pelo segundo mês consecutivo obteve o maior índice de contratações da região.

Quando, no entanto, obtemos o somatório dos quatro primeiros meses do ano, a capital do calçado esportivo segue sendo disparado destaque como a maior geradora de empregos da região.

A soma do primeiro quadrimestre alcança o número de 2.790 novas contrações somente em Nova Serrana, ao longo dos meses somente em Nova Serrana, foram 7.593 contratações e 4.803 desligamentos.

O saldo de Nova Serrana representa aproximadamente 7% do total de contratações no estado de Minas Gerais. Quando analisamos as sete principais cidades da região percebemos a força da Indústria de Nova Serrana, sendo responsável por mais de 50% dos novos postos de empregos ocupados.

Indústria de transformação

No quarto mês do ano a indústria de transformação obteve um saldo de 3.577 vagas em todo o estado. Destas a indústria calçadista foi responsável por 288 novos postos de empregos ocupados.

Assim Nova Serrana é responsável por aproximadamente 55% de todas as contratações da indústria calçadista em Minas Gerais.

Ao longo do ano de 2018, a indústria calçadista contabilizou 3.582, destes em torno de 70% foram criados em Nova Serrana.

Crescimento nos últimos quatro anos

No ano de 2015 a indústria do município passou por momentos de baixa. De acordo com o Caged, foi gerado naquele ano apenas 1 novo posto de emprego foi gerado por Nova Serrana no mês de abril.

Em 2016, o melhor mês de abril dos últimos quatro ano a cidade obteve cerca de 663 novos postos de emprego, e isso com o Estado inteiro gerando apenas 3.886 novos postos.

Em 2017 o município contabilizou 107 postos e agora em 2018, manteve a perspectiva de crescimento aponta por especialistas no fim do ultimo ano somando 159 novos postos.

O que se esperar dos próximos meses

Os setor tem ainda para o restante do ano de 2018 uma perspectiva muito positiva no que tange a crescimento e geração de empregos, e apesar de ter deixado de ser a cidade que mais gera empregos no estado, perdendo o posto para a  capital mineira, pelo que tudo indica, em 2018 Nova Serrana continuará sendo uma das primeiras com maior potencial de crescimento no estado. “Se continuarmos dentro das expectativas futuras de crescimento, Nova Serrana mais uma vez ficará como uma das cidades que mais geram empregos em Minas Gerais. Reflexo disso é sermos responsáveis pela geração de mais de 54% das vagas de emprego das sete maiores cidades da região centro-oeste”. Disse o secretário Municipal de Indústria e Comércio, Marcelo Caires.

Mesmo tendo um quadrimestre um pouco abaixo da normalidade, o secretário explica que novos setores tem mostrado uma nova fase de desenvolvimento e criação de empregos.

“Sabemos que a expectativa do PIB deste primeiro quadrimestre foi baixa, mas mesmo assim o setor de produtos de consumo demonstra uma nova fase de crescimento, fazendo com que sejam geradas estas contratações”. Pontua Marcelo Caires.

O secretário finalizou afirmando que todas as análises já vinham sendo feitas e que os resultados condizem com os esperados para a cidade. “Esse é mais um dado já esperado devido ao desenvolvimento do país e também porque estamos passando pelo fim da crise, começando a construir uma nova fase da economia brasileira”. Finalizou o secretário Municipal de Indústria e Comércio, Marcelo Caires.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas