Conecte-se conosco

Editorial

Antes tarde do que nunca

Publicados

em

20Os mais experientes já falaram várias vezes, que na corrida entre o coelho e a tartaruga, a pressa é a inimiga da perfeição, e se o dito antes tarde do que nunca é verdadeiro, aparentemente, ele será aplicado em Nova Serrana.

A pressa é a inimiga da perfeição porque por 240 dias se esperou o desenrolar de um processo que foi feito com pressa pela ultima gestão da Câmara e instaurando um processo pelas coxas, atrasou os procedimentos de um trabalho que vinha sendo clamado pela população da cidade.

De fato a instauração do processo de forma errônea aconteceu por parte da administração da casa que seguia as bases do prefeito, alguns afirmam que o erro foi proposital, afinal não é de hoje que os chefes do executivo tem agido de forma conivente, ou melhor, omissa aos equívocos da estatal no município.

Com o prefeito do Novo Tempo não tem sido tão diferente, e a solicitação de inclusão do protesto de divida ativa, da multa devida pela Copasa ao município, gerada por um procedimento administrativo do Procon, se foi feita ainda não foi divulgada pelo executivo, que afirma pressionar a empresa por soluções, mas que na prática, ainda não estão sendo tão percebidas pela população.

Acreditamos, contudo que foi um erro, ou queremos acreditar que o processo foi instaurado de forma equivocada, sem um motivo obscuro por detrás da ação, e assim finalmente, após mais de seis meses de espera e labuta da população, se pode observar algum trabalho efetivo da Câmara quanto a CPI.

Esses trabalhos foram desencadeados por uma série de documentos que vem sendo aglomerados desde 2017, contudo o que fez a diferença nessa semana foi justamente o trabalho de campo desenvolvido pelos legisladores e coberto com exclusividade por esse Diário.

Entrando em córregos, levantando tampas de bueiros, aferindo bombas e caixas elevadas de esgoto, entrando onde alguns tem nojo, onde alguns ignoram por estar bem escondido, em uma zona de conforto os vereadores constataram não só irregularidades, mas crimes ambientais sendo claramente cometidos.

Canos da coleta de esgoto, por diversos pontos da cidade, estão coletando o que se chama de esgoto que será tratado, e em seguida está lançando o lixo das casas e das empresas que desce pelos ralos direto nos ribeirões da cidade, cometendo assim crime ambiental que foi registrado em boletins de ocorrência e em fotos e vídeos feitos pelos vereadores e por esse Popular.

Com esse processo sendo realizado, foi notado pelos vereadores que compõe a CPI, que aqui em Nova Serrana a população tem pago não somente a água, mas também o pato por uma conta de esgoto que vem sendo cobrada, mas não está sendo entregue.

Sendo assim, sabe-se lá desde quando, a população tem sido lesada com a cobrança de um serviço ou produto que nunca é entregue e de forma obscura a empresa finge de boba e de forma espantosa, até agora ninguém (com exceção do processo do Procon, que não está necessariamente diretamente relacionado ao esgoto) havia feito nada.

O dolo já é notado quando se fala de anos pagando por uma taxa onde praticamente toda a cidade tem arcado com a despesa de um serviço que sequer era prestado, e esse dinheiro tem sido aplicado em qual local, uma vez que as obras de coleta do esgoto sequer estão concluídas.

Os munícipes de Nova Serrana tem sido feitos de bobos, e com certeza se a CPI for realmente a fundo, vai perceber que tem muito mais (perdoe a força da palavra) merda, sendo jogada nesse córrego.

Talvez não seja efetivamente interesse ir tão a fundo afinal, sabe-se lá porque a multa da Copasa foi diminuída diversas vezes nas ultimas gestões, e não tem sido cobrada com a mesma veemência pela atual gestão, como foi feito com os ambulantes, taxistas e vendedores de abacaxi.

Contudo seria interessante que essa fossa chamada Copasa fosse realmente revirada, e se junto com esse esgoto houver alguns medalhões da cidade que a descarga seja dada, contando que tenhamos a certeza que dessa vez o esgoto será tratado e não novamente despejado a céu aberto pelos cantos cidade.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas