Conecte-se conosco

Editorial

A diferença entre a necessidade e a prioridade

Publicados

em

Nos dias de hoje os termos necessidade e prioridade fazem parte da vida dos melhores administradores do mundo, ou seja, os pais de família assalariados.

Se você não acha que esses cidadãos que apesar de em grande parte não terem ensino superior ou formação na área administrativa não são os melhores administradores do nosso país, tente administrar um orçamento familiar onde 4 ou 5 pessoas vivem um mês inteiro com um orçamento de R$ 954 por mês.

Esses administradores vivem com o entendimento de que necessidade é tudo aquilo que sua família, seus filhos tem o desejo, tem a carência. Já prioridades são todas as demandas que não podem ser adiadas, que além de serem necessidades, são necessidades inadiáveis.

Assim os pais entendem que a cada dois meses pagar uma conta de água e luz é prioridade, para que desta forma sua família continue sendo assistida com os serviços básicos.

Eles entendem que colocar comida na mesa, mesmo que com um cardápio limitado, é uma prioridade, como é prioridade para muitos o filho estudar e separa o suado dinheiro para ir ao trabalho.

Esse conceito de necessidade e prioridade deveria ser melhor estudado pelos administradores públicos. O prefeito, o presidente da câmara, o governador, o presidente e toda a trupe da política em todas as esferas deveriam entender melhor quais são as necessidades e as prioridades de sua administração.

Como somos um diário de Nova Serrana vamos nos ater a falar sobre nossa cidade. Por aqui se entende que comprar drone é prioridade, entende-se que comprar torta holandesa, telefone celular, e até uma van para alunos de projetos políticos são necessidades.

Caros leitores, quando olhamos para os investimentos nesses e em outras demandas públicas percebemos que o conceito de prioridade e necessidade não são lá muito compreendidos.

A prefeitura pode justificar e falar o que quiser, mas o drone e os demais equipamentos adquiridos, como uma porção de gente inoperante na prefeitura consumindo o dinheiro de nossos impostos não são uma prioridade.

Prioridade é abrir escolas, é resolver os problemas de inundação, é viabilizar melhor condições de trabalho para as polícias, é investir mais em saúde, é tornar nossa cidade atrativa com boas opções de lazer e cultura.

Você pode até justificar afirmando que a prefeitura já faz isso tudo, mas sinceramente, tudo que tem sido feito ainda é pouco pela demanda que temos, e se olharmos para a nossa história percebemos que o futuro nos reservar demandas cada vez maiores e soluções cada vez menos salutares e funcionais, sendo assim, afirmamos: drone e penduricalhos não são prioridades.

Quanto a Câmara, pode se justificar como quiser, mas nem de longe investir R$200 mil em uma van é uma prioridade.

Se lembrarmos que a algum tempo o elevador não funcionava, a casa do legislativo tinha goteiras e carros sem manutenção, vamos perceber que é questão de tempo para que esse veículo esteja sucateado e R$ 200 mil que poderiam ser investidos em segurança ou em qualquer outro projeto social, foram jogados no lixo.

Outro ponto que queremos chamar a atenção é que até pouco tempo os pacientes de hemodiálise eram transportados de Kombi, e se o objetivo dos vereadores é melhorar a cidade, porque o veículo não foi adquirido e doado para um setor que tenha demanda real como a saúde municipal?

Queremos deixar claro que estamos de olho. Cansamos dos celulares modernos, dos lanchinhos generosos, da tecnologia sem justificativa prioritária, do uso irregular dos bens e recursos públicos.

Ainda queremos deixar claro que se a tal van for utilizada para questões pessoais e ou eleitoreiras, esse Popular vai estar aqui para apontar a irregularidade, afinal o que é adquirido para uso do povo, não pode ser desvirtuado para bens pessoais e eleitoreiros como tem acontecido diariamente na lama chamada política brasileira.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas