Conecte-se conosco

Colunistas

A Covid-19 e a corrupção

Mauro Soares

Publicados

em

O planeta enfrenta uma crise sanitária como a muito não se via, afetando tanto os países desenvolvidos, bem como os que ainda estão à cata da prosperidade; a covid-19, “democraticamente” espalha seus males mundo afora. E é espantoso sabermos que a origem do vírus nos leva à CORRUPÇÃO no comércio ilegal de animais silvestres, ocorrida num mercado popular em Wujan, China.

Fechado no período pandêmico,  surpreendentemente, já opera regularmente;  como justificar a outorga recente de alvará sanitário do dito mercado? Teria a inspeção, sido omissa, motivada por interesses escusos? Assistimos atônitos, os esforços no combate ao vírus, e não obstante, precisamos atentar para os episódios de corrupção que permeiam esse enfrentamento.

Presente nos quatro cantos do planeta, a corrupção é particularmente abominável na saúde pública, uma vez que impacta a sobrevida de tantos, sobremaneira durante as endemias; inadvertidamente alguns agentes públicos verão o surto pandêmico como oportuno, tomando proveito das medidas emergenciais de combate ao vírus, para surrupiarem as já combalidas finanças do setor.

Licitações fraudadas, cartéis, recebimento de propinas, desvio de materiais hospitalares, tratamentos desnecessários, favorecimento de parentes e “amigos”, são algumas ilustrações de condutas Brasil afora, que minam a resposta governamental à pandemia, privando milhares de acometidos, da vital assistência médica; em tempos de covid, cada uma dessas práticas nefastas, representam um obstáculo a mais, no já dificultoso cenário.

Um evento agigantado como a Covid, explicita as falhas estruturais do nosso sistema de saúde, e potencializa as práticas corruptas; o volume de recursos investidos propicia um ambiente ainda mais favorável, no já histórico lamaçal que caracteriza o setor.

Vejamos: em 2006, a “Máfia das Sanguessugas” fraudava a compra de ambulâncias por municípios; recentemente a “Máfia das Próteses” superfaturava a aquisição de próteses em especialidades como ortopedia, cardiologia, neurologia e odontologia; além destes, de singular notoriedade, tivemos outros tantos – menos midiáticos – levando a organização não-governamental, Transparência Internacional, a concluir que no Brasil há uma estruturação favorável para a prática de corrupção.

Não obstante aos males tragos pela covid, denúncias dão conta da “farra” Brasil afora, patrocinada pelo erário; estados e municípios blindados pelo estado de calamidade pública, são surrupiados em transações despudoradas. Uma constante, que prolonga a já sofrida lida das nossas gentes.

“Tudo vai passar”… talvez seja a frase que melhor ressoa, num momento tão angustiante; porém certamente ficarão as sequelas, de vidas debeladas pela endemia e da desesperança de um povo que vê-se usurpado, ante às fragilidades destes tempos; que a covid não se torne endêmica, uma vez que a corrupção certamente já o é.

Que a “politicagem” empregada pelos larápios não subtraiam a esperança da volta à normalidade, e que dias melhores estejam reservados à essa brava gente Brasileira.

Abençoada semana , Graça e Paz

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

MAURO SOARES CORRÊA é casado, pai de duas filhas, bacharelado em ciências contábeis, micro-empresário calçadista, radialista e presidente da Associação São Sebastião de rádio e comunicação.

Mais lidas