Conecte-se conosco

Câmara Municipal de Nova Serrana

5ª Delegacia Regional da Polícia Civil presta contas do trabalho realizado no município

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

A Polícia Civil de Minas Gerais, mais especificamente a 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil, localizada em Nova Serrana, por meio da Delegada Regional Dra. Angelita Viviane e do Delegado Dr. Davidson Marcos dos Santos Lara, foram até o legislativo municipal para prestar constas dos trabalhos realizados no município.

A prestação de contas aconteceu durante a 1ª reunião ordinária do legislativo em 2021. Oportunidade em que foram apresentados para os legisladores e a população, através do uso da tribuna, os relevantes dados obtidos pela corporação no município.

Na oportunidade além de prestar contas à população, os delegados pediram a cooperação das autoridades do município e ressaltaram que o trabalho que vem sendo realizado, apesar de ser bem sucedido, é feito com condições mínimas, quase precárias, sendo necessário o aporte dos vereadores, do executivo e demais entes municipais para uma prestação de serviço ainda melhor para os munícipes.

Dra. Angelita Viviane

Em seu pronunciamento a Delegada Regional, Dra. Angelita Viviane, ressaltou que ao assumir os trabalhos, teve de lidar com um quadro de violência doméstica grave, sendo expedidas de quatro a cinco medidas protetivas por dia em Nova Serrana.

“Eu me deparava com cinco mulheres todos os dias pedindo medida protetiva, fora as mulheres que não vão a delegacia por medo de represálias. Por isso inauguramos a delegacia de mulheres, graças a Deus hoje temos a delegacia de mulheres”.

Segundo a delegada é necessários outros investimentos na estrutura de segurança pública para que o município continue registrando melhorias no atendimento a população, como também na sensação de segurança.

“Precisamos de uma delegacia para atender a população, ser policial civil é muito mais do que uma profissão… Nossa unidade é muito a quem do que nós merecemos e a nossa população merece, nossa preocupação aqui é com o povo”.

Dr. Davidson Marcos

Seguindo o delegado de homicídios de Nova Serrana Dr. Davidson Marcos, ressaltou que é necessário o aporte das autoridades do município, e ressaltou ainda que com poucos recursos a PCMG tem feito um trabalho exemplar no município.

“Com poucos recursos a Polícia Civil tem feito bastante. Como diria Kant – toda reforma depende do esforço próprio – estamos tentando construir uma nova instituição. O que nós viemos aqui propor para o legislativo é uma nova forma de conduzir a polícia. Como dizia Sartre, somos todos escravos de nossa liberdade. A liberdade a meu ver é o primeiro valor a ser defendido, se você não tem liberdade, não tem segurança, você não tem nada, sem segurança não conseguimos ir e vir e nem sequer educação vamos ter”.

Dados apresentados

ATIVIDADES/ PROCEDIMENTOS REALIZADOS:

– 1583 Inquéritos concluídos;

– 1042 TCOs;

– 458 Medidas Protetivas (Lei Maria da Penha);

– 923 Pessoas Presas (APFD e MP);

– 28 Menores Apreendidos;

– 144 Medidas Cautelares (MP, MBA e Quebras de Sigilo Telefônico);

– 479 Mandados de Prisão Cumpridos;

– 1.550 Pessoas Indiciadas;

– 172 Quilos de Drogas e 64 Comprimidos de Ecstasy;

– 83 Armas de Fogo;

– 1.399 Veículos Apreendidos Pessoas Presas (APFD e MP);

– R$ 106.071,50 Apreendidos;

– R$ 200.293,00 em Fiança;

– 5.862 Carteiras de Identidade;

– 15.800 CRVs Emitidos;

– Mais de 27 mil atendimentos pelo Detran.

Vereadores se manifestam pelo apoio

Após as colocações feitas pelos delegados, os vereadores presentes manifestaram seu apoio a Polícia Civil em Nova Serrana, tendo como destaque inicial as falas do vereador Zé Faquinha (MDB) que por sua vez, durante seu tempo regimental fez a indicação de uma emenda de bancada por parte dos edis, para destinação de recursos para a construção da nova sede da Polícia Civil em Nova Serrana.

Apoiando as considerações de Zé Faquinha o presidente da Câmara, vereador Cabral, salientou que na gestão passada uma emenda de R$ 650 mil, foi feita pelos vereadores e nesta gestão existe a grande possibilidade de uma emenda de bancada de R$ 1,3 milhão destinada a construção da nova sede da PCMG.

O presidente ainda parabenizou os edis que manifestaram apoio a PCMG e de antemão se comprometeram a destinar suas emendas impositivas para a construção da nova sede da 5ª Delegacia Regional da Polícia Civil em Nova Serrana.

Mais lidas