Conecte-se conosco

ANIMAIS

Homem é preso por maus tratos a animais em Nova Serrana

Publicados

em

Cães vítima de violência são resgatados pelo setor de Zoonoses e pela Polícia Militar (PM), suspeito de agressões foi preso no último domingo

Maus tratos contra animais é crime e da cadeia. Para quem não acredita na afirmativa, um caso de violência contra animais culminou na prisão de um homem de 24 anos em Nova Serrana.


Segundo informações apuradas, no último domingo (28/11), após recebimento de denuncia a Polícia Militar (PM), deslocou até o bairro Frei Ambrósio, onde um indivíduo havia agredido dois cachorros e que essas agressões aconteciam constantemente. As denuncias inclusive foram realizadas embasadas em imagens de vídeos que foram gravadas e encaminhadas a autoridades e publicadas em redes sociais.

No local da denuncia, os militares então abordaram o individuo que suspeito, identificado com idade de 24 anos. O homem, ao ser questionado pelas autoridades competentes, confirmou as agressões, e segundo informações registradas na ocorrência, as agressões recentes teriam ocorrido porque os cães haviam comido algumas galinhas do suspeito.

Face ao exposto, o suspeito foi preso e encaminhado para Delegacia de Polícia Civil de Nova Serrana.

Cães são resgatados

Segundo informações apuradas, na última segunda-feira (29), os cães vítimas de maus tratos foram resgatados pela Polícia Militar e pelo setor de Zoonoses do município.

Violência contra animais é crime

É crime praticar maus-tratos contra animais domésticos, silvestres, nativos ou exóticos, de acordo com a Lei 9.605/98, artigo 32. Existem várias condutas que podem caracterizar os crimes, tais como o abandono, ferir, mutilar, envenenar, manter em locais pequenos sem possibilidade de circulação e sem higiene, não abrigar do sol, chuva ou frio, não alimentar, não dar água, negar assistência veterinária se preciso, dentre outros.

Atualmente, a legislação prevê pena de três meses a um ano de detenção para quem pratica os atos contra animais. A pena é aumentada de um sexto a um terço se o crime causa a morte do animal – o que foi mantido no novo projeto.

Veja o vídeo de maus tratos contra os cães – Imagens fortes

 

Mais lidas