Conecte-se conosco

Nova Serrana

Veja o vídeo: Homem critica atendimento do SAMU em Nova Serrana e CIS-URG Oeste afirma que “os fatos serão apurados”

Publicados

em

Em Nova Serrana o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi alvo de críticas de um homem, em vídeo que circulou nas redes sociais na última segunda-feira (29/11). Indignado, o homem afirmou que o atendimento ao seu irmão, que estava hospitalizado e em estado grave, aguardando por transferência, não foi prestado devido aos custos de horas extras na troca de turno dos socorristas.


No vídeo que foi amplamente replicado nas redes sociais, o homem, que se identificou como “Jurandir”, informou que seu irmão que está desde a última quinta-feira, em estado grave, necessitou de uma transferência para uma unidade de UTI, na cidade de Santo Antônio do Amparo, contudo, de acordo com Jurandir, ao ser acionado, o SAMU afirmou que não tinha hora para realizar a transferência, devido ao plantão.

“A direção do SAMU disse para não levar ele antes das 19h, para trocar o plantão e não pagar hora extra aos funcionários, tinha que trocar o plantão primeiro para depois levar meu irmão, sendo que ele estava em uma situação muito critica, então fica minha indignação com o SAMU aqui em Nova Serrana”. Disse Jurandir no Vídeo.

Seguindo Jurandir informou que seu irmão foi transferido pela ambulância da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Serrana, já que o SAMU não disponibilizou o serviço de transferência antes das 19h.

“Essa é minha indignação com o SAMU em Nova Serrana, sendo que quem paga o salario deles é o povo, sai do bolso do povo, eles tinham que ter mais respeito com o povo porque quando vai levar pessoas mais importantes eles não atrasam um minuto, mas quando vão levar uma pessoa pobre, financeiramente baixa, eles demoram e fazem o que quer, isso tem que mudar, o direito tem que ser igual para todos, fica aqui minha indignação com o SAMU em Nova Serrana”. Finalizou Jurandir.

CIS-URg Afirma que vai apurar a denúncia

Diante da publicação, nossa reportagem entrou em contato com o setor de comunicação do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste (CIS-URG Oeste), que administra o serviço do SAMU no Centro-Oeste Mineiro.

Em nota a instituição afirmou que irá apurar os fatos, respeitando o direito do contraditório das partes envolvidas, e que tão logo se conclua a apuração, as devidas providências serão tomadas caso necessário.

Confira a nota encaminhada pela instituição:

Nota de esclarecimento

A diretoria executiva do CIS-URG Oeste SAMU tomou conhecimento do vídeo divulgado através de redes sociais de um cidadão do município de Nova Serrana no qual manifesta sua indignação quanto ao atendimento do seu irmão. Esclarece que o material foi avaliado, bem como as informações que constam nos registros que envolvem o atendimento e que os fatos serão apurados, com o devido direito ao contraditório das partes envolvidas. Tão logo se conclua a apuração, os fatos serão esclarecidos e providencias tomadas, caso necessário.

Assessoria de Imprensa do CIS-URG Oeste

Veja o vídeo

Mais lidas