Conecte-se conosco

Editorial

1500 edições pertencendo ao povo!

Publicados

em

Em 2006 um inside mudou a história da comunicação de Nova Serrana.

Em uma manhã, com a cabeça cheia de preocupações, na caminhada para o trabalho, que na época era de meio período, em frente a uma banca de jornais, R$ 0,25 no bolso, veio o pedido ao jornaleiro, e assim o tabloide foi parar debaixo do braço e seria o gatilho para uma ideia que se tornou o maior veículo impresso de Nova Serrana.

Sentado à mesa se viu um jornalzinho que pela forma simples de escrita, notícias curtas e fatos marcantes tinha a cara de Nova Serrana e dai então se percebeu a necessidade, afinal a cidade que mais crescia em Minas Gerais, uma população imensamente diversificada, necessitava de um Jornal Popular.

Em tempo de dificuldade, tirar leite de pedra foi necessário, mas após batalhar e insistir, no dia 17 de março de 2006, vinha à tona a edição de número 01 do Jornal O Popular.

Muitos refutaram o projeto, afirmavam que era apenas mais uma tentativa de se ganhar dinheiro expondo nas capas tragédias, policial e informações sem relevância.

Contudo o foco realmente não era esse, afinal, a cidade carecia de um veículo de comunicação que falasse a língua do povo, que presasse pelo interesse do povo.

Assim iniciamos a caminhada e a construção de uma história. Nesses trilhos foram mais de 18 profissionais de comunicação que passaram por nossa redação. Praticamente todos eles hoje ocupam um lugar relevante de trabalho e temos o orgulho de ver que passaram por nossa redação e nossas páginas e hoje são respeitados como comunicadores.

Mesmo correndo o risco de sermos injustos temos que citar os nomes de Jonathas Wagner, Rosa Santos, Salvador Lopes, Adriano Rabelo, Valter Junior, Felipe Alveoli, Luciano de Assis, Evaldo Silva, Guilherme Willian, Lucas Amaral, Geysa Santos, Ricardo Nogueira, Wilker Duarte, Lilian Camargos, Adilson Pacheco, Vinícius Xavier, Gustavo Amaral e Anderson Rodrigues.

Hoje uns tem seus próprios veículos, outros podem ser vistos pela televisão, muitos colegas deixaram saudade e se esse Popular hoje é o que é, todos esses tem sua parcela de participação, de sua contribuição e tem seus nomes gravados nas históricas páginas de noticias de nosso Popular.

Nosso projeto foi embasado por características, pelos textos de cada um dos colegas que sob a batuta de um editor, deram olhos e voz a fatos que marcaram a cidade, em grande parte, porque nosso Popular teve a coragem e o respeito com o cidadão de publicar, noticiar, reportar o que acontecia na história de nossa cidade.

Hoje após completarmos 1500 edições e nos consolidarmos (com todo respeito aos colegas e veículos atuais da cidade) como o maior jornal da cidade; olhamos para traz e percebemos que o futuro nos espera com mais ações ousadas, com mais notícias, fatos e acontecimentos para serem reportados a você caro leitor.

Nessa caminhada tivemos a ousadia de nos aventurarmos pelas ondas do rádio, nos tornamos um dos poucos diários de Minas Gerais (ainda quando todos falavam que não conseguiríamos), e agora investimos e criamos nosso portal de noticias que vem se consolidando no cenário regional.

Denunciamos corrupção, abrimos a caixa preta, reviramos o lixo, estampamos cara de bandido, aplaudimos a polícia, cobramos melhorias, solicitamos resposta, perguntamos para as autoridades aquilo que os populares gostariam de saber.

Chegamos a edição de 1500 em uma fase impar de nosso jornal, com a certeza de que temos cumprido nosso papel e ratificado em todos os meios sociais, a imagem de um veículo que hoje tem a credibilidade do diário, a amplitude da internet e a paixão pelo jornalismo que todo profissional da área cultiva dentro de si.

Olhando para traz, para 1500 edições fazemos uma análise, encontramos erros, acertos, decisões imaturas e medidas ousadas, intensas e até um pouco intransigentes como deve ser o jornalista que tem o compromisso com a notícia.

Ao olharmos para a história nos arrependemos de algumas ações, mas isso nos incentiva a acertamos nos dias vindouros, porque você leitor, você é o motivo de querermos por mais 1500, 3000, 10.000 edições sermos O POPULAR, mantendo sempre em nossa mente o nosso significado afinal “pertencemos ao povo; plebeu; Que desperta a simpatia, o afeto do povo; muito conhecido, notório”.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas