Conecte-se conosco

Nova Serrana

Vacinação contra covid-19 em Nova Serrana está abaixo dos 80%

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Segundo vacinômetro do Governo de Minas, Nova Serrana tem o pior percentual de vacinação entre as quatro maiores cidades da região

Nova Serrana iniciou na última segunda-feira (30/08), o agendamento para vacinação da população adulta com idade a partir de 24 anos. Na oportunidade também foi iniciado o cadastro para a aplicação da terceira dose da vacina contra o coronavírus.


Apesar da faixa etária de 24 anos estar em agendamento, o município, no entanto, não tem obtido os mesmos resultados de vacinação das principais cidades da região Centro-Oeste.

De acordo com os dados apurados junto ao vacinômetro, entre as quatro maiores cidades da região, ou seja, Divinópolis, Nova Serrana, Pará de Minas e Itaúna, a capital do calçado é a única que até o momento não atingiu o percentual de 80% de imunização com pelo menos uma dose, da população adulta.

Os dados apontam que Nova Serrana registrou até a manhã da última terça-feira (31), o percentual de vacinação para população acima de 18 anos, de 59,83%. Enquanto Divinópolis já aplicou pelo menos uma dose em 84,51%, Pará de Minas 82,57% e Itaúna 80,33%.

Quanto a microrregião de saúde de Pará de Minas, a qual a capital do calçado faz parte. Nova Serrana registra a pior média de vacinação da população adulta.

Dados do município

Segundo apurado junto ao vacinomêtro, até a manhã da última terça-feira (31), 45.647 pessoas receberam a primeira dose em Nova Serrana, outras 11.202 pessoas já tomaram a segunda dose, 2.607 foram vacinadas com dose única.

O relatório também aponta que a capital do calçado recebeu até a manhã da última terça-feira (31), 74.343 doses da vacina.

Quanto ao número de doses recebidas, vale mais uma vez reiterar que das quatro maiores cidades da região, Nova Serrana foi o município que menos recebeu doses da vacina. Divinópolis, segundo o vacinômetro recebeu 241.209 doses, Pará de Minas 93.336, Itaúna 94.992 doses.

Divergência de dados

Em boletim encaminhado pela administração municipal, foi informado que até o momento 62.984 pessoas foram vacinadas, números que divergem dos dados publicados no portal do Governo de Minas.

Diante disso a reportagem do Jornal O Popular entrou em contato com a administração que por sua vez se posicionou diante dos questionamentos enviados por nossa equipe.

Segundo a prefeitura, “Os dados sobre público vacinado são enviados diariamente à Secretaria de Estado de Saúde do Governo de Minas. O número de pessoas vacinadas em Nova Serrana é atualizado diariamente no boletim publicado no site da prefeitura e enviado a todos os veículos de imprensa. Não sendo a população de Nova Serrana 100% cadastrada no Sistema Único de Saúde, não é possível chegar ao percentual de pessoas vacinadas. De acordo com o Vacinômetro municipal do dia 31 de agosto, 51.989 pessoas receberam a primeira dose e 11.944 receberam a segunda dose, totalizando 63.933 doses aplicadas; com 10.298 em estoque para segunda dose, 98 eventos adversos e 25 perdas. Um total de 74.354 doses enviadas ao município”.

Ao ser questionado sobre o município de Nova Serrana ter o pior percentual de imunização de frente as maiores cidades da região, a gestão ressaltou que esta perspectiva é uma questão de interpretação pessoal.

“Tal afirmação trata-se de uma interpretação pessoal dos números, uma vez que os dados do vacinômetro do Governo do Estado é atualizado de forma atrasada, ou seja, estão desatualizados de acordo com o vacinômetro municipal. Além disso, o município de Nova Serrana segue todos os critérios de vacinação do Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde, vacinando a população de acordo com o número de doses enviadas ao município”. Finalizou.

Confira a tabela com os dados do vacinômetro do Governo de Minas:

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas