Conecte-se conosco

Polêmica

TRE posta vídeo zoando quem defende voto impresso

Israel Silveira

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Publicação da Justiça eleitoral no Paraná, entretanto, foi retirada do feed público do TRE no TikTok depois de o clipe viralizar na internet


A regra das redes sociais é clara: enquanto um tema — especialmente político — causa tensão na sociedade e na mídia, é porque chegou a hora de tratá-lo como um bom meme. O que surpreendeu dessa vez foi um tribunal seguir o senso comum das redes. O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) publicou um vídeo no TikTok, neste domingo (16/5), dando uma pequena “zoada” em quem defende o voto impresso.

Em frente a um cenário (os populares filtros da plataforma) medieval, uma jovem se cobre com uma espécie de véu sobre o texto: “Quando a pessoa fala de voto impresso em pleno século XXI”. A legenda ainda lembrava: “A urna eletrônica é 100% segura”. Pelo fator inusitado da brincadeira pela conta de um tribunal, o vídeo logo bombou em outras plataformas, como o Twitter.

No TikTok, entretanto, por volta das 19h desta segunda-feira (17/5), o vídeo era dado como “privado” para quem tentava acessar seu link. No feed, sem sinal do clipe.

Embate

A publicação do vídeo ocorre poucos dias depois de a Câmara dos Deputados instalar uma comissão para discutir uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que requer o voto impresso no país. Em paralelo à ação dos legisladores, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou, na última sexta-feira (14/5), uma campanha para celebrar os 25 anos da urna eletrônica. Além de explicações sobre como o processo de apuração das eleições funciona, a campanha também tem o objetivo de esclarecer fake news que questionam a credibilidade do processo de votação no país.

  • Fonte: EM
Leia mais...
Propaganda

Mais lidas