Conecte-se conosco

Infra-estrutura

Tráfego da ponte da rua Lelis Camilo é liberado

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Obra custou R$ 280 mil e quase um ano após interdição é concluída e entregue para a população de Nova Serrana

A prefeitura de Nova Serrana finalizou e entregou na ultima semana a reconstrução da ponte da rua Lelis Camilo, bairro Jardim do Lago que há um ano atrás foi derrubada com as águas das chuvas.

Segundo informado pelo setor de comunicação do executivo, a ponte foi liberada para o tráfego de veículos e populares na ultima quarta-feira, dia 14 de novembro, na ocasião o prefeito Euzebio Lago esteve presente para acompanhar os últimos acertos e a liberação do trecho.

A interdição da ponte completaria no próximo mês um ano, e a obra por diversas vezes foi cobrada por parte da população que solicitava medidas por parte do executivo municipal.

Segundo informado diversas vezes pela gestão a ponte da rua  Vereador Lélis Camilo,seguiu desde de dezembro de 2017 interditada,  enquanto o município aguardava um repasse federal para a construção da  estrutura, o que até o momento não aconteceu.

Diante do não posicionamento e obtenção dos recursos prometidos o município então optou por arcar com a despesa de R$280 mil  investidos na reconstrução da ponte. “Tão logo o fato aconteceu, procuramos o Governo Federal que inseriu Nova Serrana em um Decreto para liberação de recursos para obras de  emergência. Não realizamos a obra antes porque havia a possibilidade de  repasse por parte do Governo. Isso é responsabilidade com o dinheiro  público. Entretanto, nenhuma das 14 cidades listadas no Decreto recebeu  o repasse e nós decidimos fazer com nossos próprios recursos”, explicou o  prefeito Euzebio Lago.

 

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas