Conecte-se conosco

Atualidade

Sindinova emite nota de repudio a fake News

Avatar

Publicados

em

Na ultima quinta-feira, dia 25 de julho, foi veiculado nos grupos de rede social uma arte com a imagem do prefeito e vice-prefeito de Nova Serrana e ainda, dos empresários, Ronaldo Andrade, Pedro Gomes, Juninho César (Juninho do Sindinova), Wellington José Lacerda (Wellington Peninha) e Antônio de Deus Soares (Toninho Via Vip), incumbindo sobre eles a responsabilidade das fiscalizações de calçados falsificados que recentemente apreendeu cerca de 1,5 milhão de pares na cidade.

Na postagem além da foto das personalidades acima citadas tinham os dizeres “Estes são os verdadeiros responsáveis pela fiscalização e fechamento de fábricas em Nova Serrana. É do interesse deles que nós, os pequenos, feche as portas. Será que eles aguentam uma fiscalização da Receita e da PF?”.

Diante da viralização da imagem, e por parte dos expostos serem integrantes da diretoria do Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Calçados de Nova Serrana(Sindinova), a assessoria de comunicação da instituição divulgou uma nota a imprensa informando que a postagem se trata de uma fake News e que repudia tal ato.

Cabe ainda ressaltar que uma imagem informando que os responsáveis pela fake news serão responsabilizados pela notícia inverídica, foi divulgada por secretários e várias pessoas ligadas a administração de Nova Serrana.

Confira na integra a nota do sindicato:

O Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Calçados de Nova Serrana (Sindinova) vem a público manifestar seu repúdio aos ataques com notícias falsas envolvendo, de forma caluniosa, o seu presidente, Ronaldo Andrade Lacerda, o vice-presidente, Pedro Gomes da Silva, os diretores Júnior César Silva e Antônio de Deus Soares e o associado, Wellington José Lacerda.

São, na verdade, especulações divulgadas por meio do aplicativo WhatsApp, no dia 25/07/2019. A publicação, além de absurda, desrespeitosa e mentirosa, fere a honra e a integridade física das pessoas injustamente expostas, assim como de seus familiares. Esta situação os afeta enquanto cidadãos e causa-lhes transtornos irreparáveis como empresários.

O Sindicato sempre atuou e continuará atuando em prol do Polo Calçadista, buscando sempre o desenvolvimento econômico e o fortalecimento de toda a cadeia produtiva e de nossas indústrias, sejam pequenas, médias ou grandes.

Nosso compromisso é com a promoção de negócios, geração de empregos, capacitação e atração de recursos.

Lamentamos profundamente o ocorrido e reforçamos que continuaremos trabalhando com afinco para que o Polo Calçadista de Nova Serrana seja o maior produtor de calçados do país.

Diante deste lastimável episódio, o Sindinova comunica que acionará o seu Departamento Jurídico a fim de tomar todas as medidas cabíveis de investigação e punição dos verdadeiros responsáveis pela autoria e disseminação desta notícia falsa.

Mais lidas