Conecte-se conosco

Governo Estadual

Serra do Cipó reabre pousadas e restaurantes na véspera do feriado de Corpus Christi

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

A Serra do Cipó, um dos principais destinos turísticos do Estado, terá pousadas, albergues, residências de aluguel e campings reabertos na véspera do feriado de Corpus Christi. Um decreto da Prefeitura de Santana do Riacho, com base nas diretrizes do programa Minas Consciente (do governo estadual), libera o funcionamento dos estabelecimentos do setor a partir de quarta-feira, dia 10 de junho, desde que com ocupação máxima de 50% (60% os de menor porte).

Também foram autorizados a reabrir os bares, restaurantes, salões de beleza, igrejas e e acessos a algumas atrações turísticas, desde que com controle de entrada automatizado ou remoto.

A cidade, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde,  não tem casos confirmados de Covid-19. As medidas não valem para o povoado de Lapinha da Serra.

A medida foi comemorada pela Associação Comercial da Serra do Cipó, que reúne hotéis, pousadas e albergues na cidade. Tão logo publicado o decreto do prefeito André Ferreira Torres (PTB), começou a preparação para a reabertura, de acordo com as orientações indicadas em cartilha.

Além da higienização reforçada, do uso dos equipamentos de proteção individual pelos funcionários e da disponibilidade de álcool gel, áreas comuns de recreação não poderão ser usadas; a temperatura dos hóspedes deve ser controlada na chegada e as refeições terão de ser oferecidas a la carte.

Presidente da Associação Comercial da Serra do Cipó e proprietário da Pousada Carumbé, Júlio Barroso comemora o decreto como um primeiro passo rumo à retomada da atividade na região. “Funcionar com metade da capacidade não dará retorno econômico, mas permitirá manter os empregos e, diante da situação, é o melhor a se fazer. Estivemos entre os primeiros a suspender as atividades e agora entre os últimos a retornar. Felizmente poderemos fazê-lo”.

Ele lembra, no entanto, que quem pretende visitar a Serra deve ter alguns aspectos em mente. “Além da capacidade reduzida, o parque e as cachoeiras ainda estão fechados; e bares e restaurantes não poderão funcionar depois das 20h. Vamos recomendar aos hóspedes que evitem se aglomerar na região do comércio. E que procurem se informar antes sobre a disponibilidade de quartos. A região conseguiu se manter sem nenhum caso, é importante que prossiga assim”, destacou. Ao todo, 104 estabelecimentos de hotelaria estão registrados na associação.

Fonte: Hoje em Dia

Foto: Imagem Ilustrativa Web

 

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas