Conecte-se conosco

Segurança

SAMU passa a ser custeado com recursos federais

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Na última semana foi concluído o processo de habilitação no Ministério da Saúde, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Segundo a assessoria do órgão, após um ano e pouco mais de um mês da inauguração do Samu, o serviço foi habilitado pelo Ministério da Saúde e passará a receber recursos federais.

Com a habilitação o serviço será parcialmente desonerado do Estado, quanto aos repasses mensais para custeio, que agora passa então, ser mantido pelas três instâncias de governo, sendo elas Municipal, Estadual e Federal.

A notícia da habilitação e mais informações sobre o processo, foi repassada a imprensa da região Centro-Oeste na manhã de segunda-feira, dia 16 de julho, quando o coordenador do Samu, José Marcio Zanardi repassou todos os detalhes do processo.

Segundo divulgado pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS-URG), com a habilitação o SAMU Oeste receberá neste ano recursos da ordem de aproximadamente R$ 8 milhões. E ainda o Estado será desonerado em cerca de R$ 680 mil por mês.

Zanardi reforçou que com a desoneração os repasses do estado serão significativamente menores. “Com a habilitação, o SAMU Oeste passará a receber repasses do Governo Federal e assim, o Estado, que repassa mensalmente cerca de R$ 2 milhões passará a contribuir com R$ 680 mil a menos com o custeio mensal. O Serviço passa então a ser custeado pelos Municípios, Estado e União”, disse o coordenador do SAMU, José Marcio Zanardi.

Ainda segundo divulgado a habilitação ocorreu em tempo recorde devido ao compromisso firmado pelo ministro Ricardo Barros, a quem ele agradece o empenho e também estende gratidão ao Presidente do Consórcio e prefeito de Luz, Ailton Duarte, que por motivos de força maior não pôde comparecer à reunião, à Secretaria de Estado de Saúde (SES), que segundo ele, vem trabalhando incansavelmente parta manter o SAMU em atividade.

Zanardi ainda agradeceu aos prefeitos da região que fazem parte do Consórcio e ao deputado Domingos Sávio, que sempre abraçou o SAMU e tanto se empenha para os avanços do Serviço.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas