Conecte-se conosco

Governo Estadual

Reunião com Secretaria de Estado de Saúde não define situação dos Consórcios que encaminham demandas a Romeu Zema

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Os representantes dos Consórcios de Saúde para atendimento de Urgência e Emergência de Minas Gerais (responsáveis pelos serviços dos SAMUs) se reuniram na Cidade Administrativa, na última sexta-feira dia 25 de janeiro, com representantes das repartições da área saúde do governo estadual em busca dos recursos do Fundo Estadual da Saúde que estão em atraso.

Participaram do encontro representantes de 06 consórcios intermunicipais, entre eles o presidente do CIS-URG Oeste, que atende a região de Nova Serrana e recentemente apontou que a falta de repasses do governo de Minas poderia em breve prejudicar o atendimento prestado pelo SAMU na região.

Os representantes foram recebidos por representantes do governo Zema que segundo informado pela assessoria de comunicação do SAMU, se prontificaram em buscar uma solução imediata para pagamento da parcela atual desse governo que é devida ao SAMU e ficaram de passar o planejamento do pagamento nos próximos dias.

Ainda segundo informado, os representantes do Governo de Minas se comprometeram em fazer isso de forma rápida para que os diretores das instituições possam organizar o serviço e informar aos funcionários e fornecedores de como ficará a situação dos Consórcios. “A demanda está encaminhada junto ao governo do Estado e esperamos que nos próximos dias a gente tenha a boa notícia do pagamento da parcela, pelo menos uma das parcelas devidas, a de dezembro, para que possamos dar continuidade ao funcionamento do SAMU Oeste dentro da normalidade”, afirma o secretário executivo do CIS-URG Oeste, José Márcio Zanardi.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas